Trabalho infantil tem fiscalização intensificada

Por: Thaís Iannarelli
18 Agosto 2015 - 13h33

O Brasil assumiu o compromisso de eliminar o trabalho infantil até o ano de 2016. A lista de Trabalho Infantil Proibido (TIP) apresenta agricultura, exploração florestal, pesca, indústria extrativa, indústria do fumo, construção, trabalho doméstico entre outras como áreas mais críticas para o combate.

 

“Seria muito importante que o Brasil conhecesse essa lista porque o trabalho doméstico está nela e muita gente tem em sua casa uma adolescente doméstica. Você vê pelos dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) que esse número cresceu enormemente no País. E é interessante que o brasileiro tenha consciência disso”, disse a auditora fiscal do trabalho responsável pelo combate ao trabalho infantil no Rio Grande do Norte, Marinalva Dantas.

 

Devido ao resultado positivo da campanha o país tem exportado o seu modelo de combate para outros locais onde o trabalho infantil ainda é um problema.


Fonte: ANDI

PARCEIROS VER TODOS