Tecnologia social reaproveita água utilizada nas casas do Semiárido

Por: Thaís Iannarelli
03 Junho 2016 - 17h32

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário padronizou mais uma tecnologia social para a produção de alimentos por meio do Programa Cisternas: o Sistema de Tratamento e Reuso de Água Cinza Domiciliar. Além de captar a água da chuva para consumo, as famílias do sertão brasileiro poderão reaproveitar ao máximo a água da cozinha e do chuveiro na produção de alimentos e criação de animais.

O sistema capta água dos chuveiros, lavatórios, pias de cozinha, tanques e máquinas de lavar das casas, com exceção da água do vaso sanitário. Em seguida, a água passa por um sistema hidráulico (com tubos de PVC), por uma caixa de gordura e segue para um filtro biológico com húmus de minhoca, raspas de madeira, areia lavada, brita e seixo, coberto com telas. O húmus é aproveitado no plantio. Após a filtragem, a água é direcionada para um tanque de reuso, também confeccionado com placas de alvenaria, sendo então transportada por meio de uma bomba elétrica para uma caixa d'água para ser utilizada na plantação ou na criação de animais.

A tecnologia foi criada a partir de um projeto do Centro Feminista 8 de Março, do Rio Grande do Norte, com mulheres assentadas rurais e a Universidade Rural do Semiárido (UFERSA), que buscava alternativas de convivência com a estiagem no semiárido. O projeto “Água Viva: Mulheres e o redesenho da vida no semiárido do Rio Grande Norte” foi premiado pela Fundação Banco do Brasil em 2015.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS