Serão investidos R$5 milhões no combate ao preconceito

Por: Thaís Iannarelli
10 Março 2016 - 20h45

Programas de combate à intolerância religiosa, à violência contra a mulher e ao preconceito contra gays, lésbicas, bissexuais, transsexuais e transgêneros (LGBT) vão receber recurso extra da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Uma ajuda de R$ 5 milhões para a retomada dos programas. Alguns serviços do governo estão parados ou intermitentes por falta de pessoal e de estrutura para atendimento.

Com a destinação dos recursos, o novo secretário, o deputado estadual Paulo Melo (PMDB), que tomou posse no último mês, acredita que será possível retomar os programas da pasta por um ano. A previsão é que, com a aprovação, em 10 dias o dinheiro já possa ser utilizado pela secretaria.

O deputado estadual Carlos Minc (PT), autor da iniciativa de repassar recursos da Alerj para secretaria, afirmou, na audiência, que a ajuda é emergencial. Segundo ele, a pasta precisa encontrar formas de financiar suas atividades nos próximos anos de governo.

Fonte: Agência Brasil

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS