Ressocialização de presidiários

Por: Revista Filantropia
01 Setembro 2007 - 00h00
Fundada em 1999 pelo artista plástico Chico Maia, a ONG Arte Que Liberta nasceu no Presídio Lemos Brito, em Salvador (BA), como um pequeno ateliê de peças artesanais. O objetivo da organização é a profissionalização e educação dos sentenciados pela sociedade; para que, assim, eles tenham novas chances e não voltem ao crime. Números mostram que, apenas 5% dos presos que desenvolveram algum tipo de atividade educacional e profissional dentro dos presídios caem na reincidência, ante 70% dos que se mantiveram ociosos. Em 2005, a Arte que Liberta se expandiu para São Paulo, com a abertura de uma loja na Vila Olímpia para comercialização de objetos e implantação das atividades dentro da Penitenciária Parada Neto, Guarulhos (SP). Agora, um novo projeto de arte em tear está sendo implantado na Penitenciária Feminina da capital paulista.
www.artequeliberta.org.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS