Pró-Saúde

Por: Aline Alves
01 Março 2007 - 00h00

Fundada em 1967, a Pró-Saúde – Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar vem atuando em uma das áreas mais desafiadoras do Brasil. Nestas quatro décadas, a entidade tornou-se a maior instituição de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do país. A associação está presente em hospitais privados, filantrópicos, santas casas, unidades de saúde públicas estaduais e municipais, onde boa parte do atendimento é gratuito à população carente. Em paralelo, a entidade também implantou algumas ações sociais de destaque nas regiões onde realiza seus trabalhos.

Temos consciência de que do nosso futuro depende o futuro de muitas outras pessoas. Não só os que são atendidos, mas também os cerca de 3.500 funcionários que fazem parte de nosso quadro funcional, o maior contingente de administradores hospitalares do país, afirma Paulo Roberto Mergulhão, presidente da associação há cinco anos.

 

Atividades

A gama de serviços prestados pela
Pró-Saúde é bastante ampla e inclui auditoria, programas de qualidade, planejamento estratégico, programas de capacitação profissional, custos hospitalares e diagnóstico de saúde pública. Acredito que o principal desafio a ser superado na gestão hospitalar do Brasil é conseguir potencializar os recursos financeiros, que invariavelmente são insuficientes para prover as necessidades da população. Em boa parte, essa carência se deve à política de saúde pouco privilegiada no país, afirma Mergulhão.

Neste cenário, a missão da entidade é implantar modelos e padrões de qualidade e excelência na gestão de hospitais, nas parcerias com governos municipais e estaduais, e na modernização administrativa de hospitais filantrópicos e santas casas. Nos locais em que a associação presta seus serviços, cerca de 70% do atendimento é gratuito, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Anualmente, a Pró-Saúde recebe em seus hospitais uma média de 700 mil pacientes, são realizadas 10 mil cirurgias e 90% dos 5.500 partos são feitos pelo SUS.

 

Educação e saúde

A Pró-Saúde conta com projetos de ação social, que visam melhorar a qualidade de vida das comunidades onde atua. Na cidade de São Paulo, a entidade administra dois Centros de Educação Infantil (CEIs), em parceria com a prefeitura, nos bairros Jardim Eliane e Jardim São Jorge, onde são atendidas cerca de 340 crianças. O mais importante é que eles estão localizados em bairros carentes da periferia, o que significa um trabalho de inclusão social por meio da educação, afirma Paulo Roberto Mergulhão.

O terceiro CEI fica em São Luís (MA), mantido em um convênio com o governo estadual. Ainda no Maranhão, a Pró-Saúde realiza outros dois programas: a Casa da Gestante, anexa ao Hospital Marly Sarney, na capital, para que grávidas carentes de outras cidades permaneçam próximas aos recém-nascidos internados; e o Projeto Canguru, no Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz, que procura reduzir a mortalidade, as infecções graves dos recém-nascidos e estimular o aleitamento materno. Além dessas ações, em todos os hospitais administrados pela Pró-Saúde é realizado o programa Pastoral da Saúde, que busca a humanização do atendimento.

Na cidade de Fernando Prestes (SP), foi criado o Centro de Convivência da Criança e do Adolescente (Cecca). Mantido integralmente pela entidade, o centro tem como principal objetivo estimular o desenvolvimento por meio do esporte. Mas também são realizados cursos de informática e trabalhos manuais voltados para cerca de 500 adolescentes e adultos. O Cecca ainda oferece uma creche para 90 crianças, em sua maioria filhos de trabalhadores rurais da região.

Em 1999, quando assumiu a gestão do Hospital Porto de Trombetas, no Pará, a Pró–Saúde implantou um programa de combate à malária na comunidade local, em conjunto com a mineradora Rio do Norte, proprietária da casa de saúde. Em apenas quatro anos, houve uma queda de 96% nos casos da doença. Em 2003, em reconhecimento ao programa, a entidade recebeu o prêmio Billiton Health, Safety, Environment and Community Awards, concedido pela mineradora australiana BHP Billiton, uma das maiores do mundo no setor.

Além de realizar parcerias públicas e privadas, a entidade mantém seus programas sociais por conta própria. Como explica o presidente, Paulo Roberto Mergulhão, obtemos recursos unicamente de nosso trabalho profissional. Por isso, não dependemos de doações para a realização de nossas ações sociais. Tudo o que auferimos é reinvestido nesse trabalho.

 

Pró-Saúde

Rua Diogo Cabrera, 94b

Imirim – São Paulo/SP

CEP 02467-060

www.prosaude.org.br

prosaude@prosaude.org.br

(11) 6238-5566

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
15.094
Oportunidades Cadastradas
9.565
Modelos de Documentos
3.051
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
22 Dez
2019
UNDEF - 2019 Call to Civil Society to Apply for Funding...
Prazo
20 Dez
2019
Concurso Anual para Jovens - Mulheres Rurais: inovando...
Prazo
17 Abr
2020
Conservation Grant - Amphibian Ark
Prazo
16 Dez
2019
Bikeducação: Edital Itaú para Seleção de Projetos...
Prazo
16 Dez
2019
ONU / FIDA - Concurso de Fotografia “Juventude e...
Prazo
17 Jan
2020
Cisco Global Problem Solver Challenge 2020
Prazo
25 Jan
2020
Environmental Curricula Grants
Prazo
31 Mar
2020
United Nations Voluntary Fund on Disability
Prazo
Contínuo
Mitsubishi Corporation Foundation for the Americas
Prazo
Contínuo
Oak Foundation’s - Issues Affecting Women Programme

PARCEIROS VER TODOS