Programa Saving Lives at Birth abre inscrições para projetos inovadores

Por: Thaís Iannarelli
23 Fevereiro 2015 - 11h46

O programa Saving Lives at Birth (Salvando Vidas ao Nascimento) promove o apoio a projetos inovadores na área da saúde, com foco em mulheres grávidas e recém-nascidos. A iniciativa está recebendo propostas de organizações da sociedade civil e os financiamentos variam de 250 mil a dois milhões de dólares por projeto (cerca de 717 mil a 5,7 milhões de reais).
O Saving Lives at Birth envolve cinco partes: o governo da Noruega, as agências governamentais USAID (americana) e DFID (britânica) e as organizações Grand Challenges (canadense) e Bill & Melinda Gates (americana). Em 2015, serão três tipos de financiamento: o “financiamento-semente”, para desenvolver e avaliar a viabilidade de ideias inovadoras, o “fundo de validação”, para apresentar e validar a eficácia de inovações, e o “fundo de transição”, para projetos que já tenham demonstrado uma prova de seu conceito. Os dois primeiros tipos podem ter duração de até dois anos e receber até 250 mil dólares, enquanto o terceiro pode chegar a quatro anos de duração e pleitear até dois milhões de dólares.
As propostas devem ser escritas em inglês e enviadas até o dia 27 de março. Em função do fuso horário, recomenda-se o envio até o dia 26. Mais informações podem ser acessadas no site http://www.savinglivesatbirth.net e o edital está disponível no site http://savinglivesatbirth.net/sites/default/files/gh_baa_and_slb_rd_5_addendum.pdf

http://www.captacao.org

PARCEIROS VER TODOS