Pobreza Cai no Brasil, Segundo Cepal

Por: Instituto Filantropia
09 Junho 2016 - 03h38

Foi divulgado, em 22 de março, o relatório Panorama Social da América Latina 2015, produzido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), que registrou importante redução nas taxas de pobreza no Brasil. O levantamento mostra que mais de 2,75 milhões de brasileiros saíram das linhas de pobreza e extrema pobreza em 2014, enquanto, em toda a América Latina, em 2014 e 2015, o número de pessoas em situação de pobreza cresceu de 168 milhões para 175 milhões (29,2%). Já o número de pessoas em situação de indigência ou extrema pobreza passou de 70 milhões para 75 milhões (12,4%). Outro dado alarmante é que, em 2013, uma em cada três mulheres não tinha renda própria nem autonomia econômica. De acordo com a Cepal, o trabalho é a chave-mestre para reduzir a pobreza e as desigualdades. No entanto, em 2014 e 2015, a taxa de desemprego na América Latina aumentou de 6% para 6,6%. O organismo recomenda que os esforços de promoção do trabalho decente, formalização dos empregos e acesso aos mecanismos de proteção social devem persistir. 

http://www.agenciabrasil.ebc.com.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS