Natal Voluntários

Por: Elaine Iorio
01 Fevereiro 2006 - 00h00

Apesar do pouco tempo de existência, o Natal Voluntários é uma das entidades de maior destaque e atuação no voluntariado brasileiro, principalmente na capital potiguar. A organização foi fundada em 2000, a partir do Programa Voluntários do Conselho da Comunidade Solidária.

Inicialmente, a idéia central era articular oferta e demanda de voluntários. Procuravase, de um lado, incentivar a participação das pessoas em ações voluntárias; de outro, preparar as organizações sociais para o desenvolvimento de programas de voluntariado e, assim, potencializar a ação solidária nas organizações.

Hoje, muito mais que articular ações, o Natal Voluntários busca a formação de uma nova mentalidade da sociedade civil. “A proposta é despertar o sentimento de amor à cidade, em que cada indivíduo trabalha dentro de sua capacidade e máxima potencialidade, para que no fi nal todos ganhem qualidade de vida”, conta Mônica Mac Dowell, diretorapresidente da ONG.

Participação geral

A maior dificuldade enfrentada pela entidade é de convencer a população a agir. “O sentimento das pessoas de que o problema, quando é coletivo ou não lhe atinge diretamente, não é da sua conta, dificulta os trabalhos”, critica a diretora, para quem as pessoas preferem transferir a responsabilidades para o governo, para Deus, para o síndico, líder comunitário etc.

Por isso, nos últimos três anos o Natal Voluntários procura difundir a cultura de voluntariado participativo, colaborativo e comunitário, baseada no princípio da “subsidiariedade”. Cada indivíduo trabalha dentro de sua capacidade e máxima potencialidade, até esgotar sua possibilidade de atuação, devendo, só então, recorrer a uma instância superior.

Projetos e parcerias

Levar os Objetivos do Milênio para a Comunidade é hoje o principal projeto da entidade, cujo objetivo é mostrar como pessoas, escolas,  universidades, empresas e conselhos de bairro podem colaborar com a proposta da ONU. Outro programa é o Asa Branca: educação para o trabalho, construído e desenvolvido pelo Natal Voluntários conjuntamente com outras organizações do Terceiro Setor, instituições públicas, empresas privadas e instituições de ensino, com foco na qualificação profissional da juventude.

As ações da ONG são possíveis graças às parcerias que desenvolve com o Sebrae/RN, a Fundação Kellogg, as agências McCann, Mariz Comunicação e Hiperespaço, a empresa Cosern, além dos meios dos comunicação nacionais e companhias locais que desde a fundação apóiam com serviços. Mônica ainda lembra as diversas personalidades, como Paulo Autran, Camila Pitanga, Maria Rita, Renato Braz e Sebástian, que atuaram como voluntários em importantes campanhas e conferem carisma e legitimidade à causa.

Conquistas

Em 2004, Natal foi a única cidade do Brasil reconhecida como Cidade com Coração pelas Nações Unidas e pelo BID. O prêmio foi conferido a cinco cidades no planeta onde organizações, empresas e governos investem no voluntariado como ferramenta para o alcance dos Objetivos do Milênio. Em Natal, o programa Tempo de incentivo ao voluntariado, promovido pelo Natal Voluntários, foi que impulsionou o reconhecimento.

Mônica também destaca como principais conquistas a realização dos Fóruns de Responsabilidade Social, que teve a participação de grandes lideranças empresariais e sociais, e a coordenação nacional do Dia Global do Voluntariado Jovem, que pela falta de patrocínio, sua realização só foi possível por causa do engajamento de voluntários, equipe e parceiros.

“Cooperação, legitimidade, transparência, visibilidade e sustentabilidade são pontos que consideramos cruciais para o nosso trabalho e os perseguimos continuamente. No entanto, a nossa sustentabilidade é ainda muito frágil e se apresenta como um grande desafi o a ser conquistado”, conta a diretora.

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS