Movimentação popular será realizada em favor aos ODS

Por: Thaís Iannarelli
18 Setembro 2015 - 20h18

Pessoas de diferentes cidades do mundo, como Nova Iorque, Londes, Paris, Joanesburgo, Sidney, São Paulo estarão voltadas para a abertura da Cúpula da 70ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), sendo motivadas a participar da campanha internacional action/2015. A proposta da campanha é ao entardecer do dia 24 de setembro, milhares de pessoas dos cinco continentes acenderão uma vela simbolizando as novas propostas para o fim da pobreza, da desigualdade social e das mudanças climáticas a serem implementadas e alcançadas até o ano de 2030.

Em diferentes partes do globo, a sociedade civil organizada irá propor ações que chamem atenção para a relevância dos ODS para o mundo e demonstrem a importância de disputar este debate nos países para assegurar a construção de um novo paradigma de desenvolvimento.

No Brasil, estão previstas mobilizações em pelo menos sete Estados brasileiros de quatro diferentes regiões com o mote #iluminaOcaminho (em inglês, #lighttheway). Em São Paulo, o evento organizado pela Abong – Associação das Organizações Civis do Terceiro Setor vai reunir artistas e coletivos urbanos no Largo da Batata no intuito de chamar atenção das pessoas sobre a importância da Agenda 2030 para o futuro do planeta.

Ações no Brasil – A action/2015 e a Abong também estão apoiando ações em outras localidades. O objetivo é garantir diversidade regional e temática, além de ações realizadas em parceria com outros movimentos sociais. A seguir a descrição de cada uma destas ações:

CENTRO-OESTE – Associação de Jovens Engajamundo – Confresa – MT: Distribuição de materiais sobre os ODS em escolas urbanas e na aldeia Urubu Branco, de etnia Tapirapé. As atividades se encerrarão ao final da tarde na praça da cidade, com uma cerimônia com as velas.

NORDESTE – Coletivo Mangueiras – Jovens Feministas por direitos sexuais e direitos reprodutivos – Recife e Caruaru – PE: vão realizar oficinas com adolescentes e jovens, além de uma manifestação pública com distribuição de material sobre ODS e DSDR nas duas cidades.

IRPAA – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada – Juazeiro – BA: vão realizar atividades lúdicas no centro da cidade, uma caminhada e ato simbólico nas margens do Rio São Francisco, ao pôr do sol.

Vida Brasil – Salvador – BA: Marcha partindo do Porto da Barra em direção ao Farol da Barra, com as velas sendo acessas no próprio Jardim do Farol e distribuição de materiais.

PLAN Internacional – Codó – MA: vão realizar um flashmob na principal praça de Codó com meninas do projeto “Essa é a minha vez”. (uma das meninas de Codó é representante das meninas brasileiras na Assembleia da ONU).

SUDESTE – Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário Queiroz Filho (IBEAC) – São Paulo – SP: realizarão cortejos de leitura pela região de Parelheiros, com a produção de materiais e intervenções nas escolas públicas e postos de saúde da comunidade.

Associação de Jovens Engajamundo – São Paulo – SP: atividade de ocupação do espaço urbano que mostra como o desenvolvimento sustentável está presente no cotidiano e oficinas de stêncil, lambe-lambe e tsurus de origami.

ISPIS – Movimento Pimpmy Carroça – São Paulo – SP: vão realizar uma carroceata em ciclovias em parceria com cicloativistas, com velas e plantas verdes.

Muda de ideia – São Paulo – SP: Biclicetada iluminada, com concentração no Largo da Batata. Vai percorrer ciclovias com um triciclo sonorizado com mensagens sobre os ODS.
SUL – Instituto Parrhesia Erga Omnes – Porto Alegre – RS: Realizarão atividades político-culturais com teatro, graffiti, música, flashmob.

Fonte: Observatório do Terceiro Setor

PARCEIROS VER TODOS