Motivação para o BEM

Por: Revista Filantropia
01 Maio 2009 - 00h00

O conceito de motivação tem sido utilizado com diferentes conotações, tornando-se de difícil definição. De modo geral, motivo é tudo aquilo que impulsiona a pessoa a agir de determinada forma, ou pelo menos dá origem a uma propensão, a um comportamento específico. Resumindo, chama-se de motivação tudo o que impele a atividade, seja corporal ou mental. No voluntariado, essa mola propulsora é a solidariedade – a capacidade de agir em benefício do outro.

Muitas são as “forças internas” que nos levam a um trabalho voluntário. Após ouvir pessoas que decidiram doar seu tempo, trabalho e talento e questioná-las sobre motivação, costumamos ter como respostas frases do tipo: “Pode ser divertido e interessante”; “É meu dever ajudar”; “É preciso fazer alguma coisa”; “Eles gostam e precisam de mim”; “Só terão êxito se eu ajudar”; “Desejo explorar essa área para ver se me agrada”.

Cada uma dessas ideias é diferente e originada por forças diversas. Mas todas são importantes e devem ser levadas em consideração quando se desenvolve um projeto de voluntariado.

Pode-se afirmar que essa “chama” que traz o voluntário à organização precisa ser constantemente alimentada em todas as fases do gerenciamento, e cabe ao coordenador dos voluntários identificar o novo integrante de sua equipe para saber que tipo de ação precisa realizar a fim de continuar a estimulá-lo.

Algumas ferramentas são muito úteis para que o coordenador de voluntários conheça os novos integrantes de seu grupo. A primeira entrevista, quando bem elaborada, já traz dados significativos sobre a personalidade, os valores, os interesses, as motivações etc. A observação da conduta durante o trabalho, o relacionamento com os demais e a capacidade de integração dão informações importantes sobre as formas de motivação e a sua intensidade.

A avaliação é, também, uma ferramenta importante de motivação. Propicia ao voluntário um feedback de seu desempenho e da contribuição que ele deu na obtenção dos resultados. Elogiando seus pontos fortes e sugerindo no que pode melhorar, a avaliação constitui um forte recurso motivador. A instituição, na medida do possível, deve criar situações que respondam às motivações de seus voluntários.

Pode-se considerar o reconhecimento como outro importante fator de motivação, e cada instituição deverá escolher a melhor forma de fazê-lo. Algumas sugestões são planejar um evento para os voluntários com a diretoria da organização, criar um certificado de reconhecimento, uma carta de agradecimento, indicar voluntários para dar entrevista em veículos de comunicação e organizar passeios culturais comemorativos.

Devemos levar em conta que todo voluntário espera algum tipo de retorno. Dizemos que o trabalho voluntário é hoje um “caminho de mão dupla”. O que motiva esse tipo de trabalho é um sentimento altruísta, mas, até mesmo sem se dar conta, o voluntário espera algo em troca.

Motivações para o trabalho voluntário
Listamos algumas razões que levam as pessoas a doarem seu tempo, trabalho e talento:

Fazer a diferença - A sensação de realização, de sentir que está contribuindo de alguma forma para a melhoria da qualidade de vida, pode ser a motivação de muitos voluntários.

Desenvolvimento pessoal - Adquirir experiências, desenvolver novas habilidades, conhecer o Terceiro Setor, estabelecer novos contatos, fazer novos amigos, buscar crescimento da autoestima, da habilidade de liderança e da autoconfiança são as motivações de outros tantos voluntários.

Retribuição de algo que recebeu - Ter recebido atenção e carinho em momentos importantes de sua vida pode motivar pessoas a apoiar, com seu trabalho, organizações sociais ou grupos que proporcionam aos mais carentes algo que receberam.

Fortalecimento da cidadania - A possibilidade de influir na construção de uma sociedade mais justa motiva pessoas que acreditam ser responsabilidade de cada um participar da busca de soluções para as questões sociais.

Motivações religiosas - Preceitos de religiões que incentivam o trabalho e o amor ao próximo, muitas vezes, podem ser a mola propulsora para o trabalho voluntário.

Existem muitas outras motivações, entre elas querer sentir-se útil e descobrir um sentido na vida, ou usar melhor seu tempo livre.

Link
www.cvsp.org.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.064
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.100
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
30 Jun
2021
eFestival Canção
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
28 Mai
2021
Chamada Pública Inovação Tecnológica - Serviço...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
31 Mai
2021
Chamada de Cooperação Conjunta em Ciência e Tecnologia...
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS