Ministério da Justiça lança exposição de obras raras no Dia Nacional do Livro

Por: Thaís Iannarelli
29 Outubro 2013 - 12h57

Livros com mais de cinco séculos de existência, que remontam às origens da imprensa, e obras modernas, como a primeira edição de ‘Raízes do Brasil’ (1936), são uma amostra do que o público poderá ver pela primeira vez durante a Exposição de Livros Raros e Valiosos do Ministério da Justiça, que começa no Dia Nacional do Livro, dia 29 de outubro. As publicações fazem parte de um acervo de 18 mil volumes doados ao Ministério da Justiça por Affonso Penna Junior, ministro da Justiça entre 1925 e 1926 e imortal da Academia Brasileira de Letras. Foram escolhidas 48 obras clássicas e renomadas das áreas de Direito, Religião, História e outras. A exposição estará aberta ao público a partir do dia 30 de outubro, das 9h às 17h, no Salão Negro do Ministério da Justiça. A entrada é gratuita. A abertura do evento será marcada por uma solenidade para convidados e imprensa.


www.justica.gov.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS