Minas Gerais lidera desmatamento do bioma, segundo Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica

Por: Thaís Iannarelli
07 Julho 2014 - 14h20

 

De acordo com os novos dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, restam no Brasil apenas 8,5% de florestas com área acima de 100 hectares. O estudo conclui ainda que o índice de desmatamento aumentou 9% comparando com o ano anterior, no total a Mata Atlântica, que está presente em 17 Estados, perdeu 1.850.896 hectares nos últimos 28 anos.

Mesmo com o Código Florestal, aprovado em 25 de maio de 2012, o bioma da Mata Atlântica ainda passa por um processo de destruição com desmatamentos e queimadas. A publicação é resultado de uma parceria entre a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que levantou dados entre os anos de 2012 e 2013.

De acordo com o pesquisador e coordenador técnico do estudo, Flavio Jorge Ponzoni, a tecnologia tem sido uma aliada importante para fazer os levantamentos, apesar de que algumas vezes a própria natureza “atrapalha” o funcionamento dos equipamentos. “Em razão da cobertura de nuvens, que prejudicam a captação de imagens via satélite, foram avaliados 87% da área total do bioma Mata Atlântica”, afirma.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Estado apresentou o resultado de algumas iniciativas de enfrentamento ao desmate. Segundo o balanço preliminar de uma operação de fiscalização realizada no Nordeste de Minas Gerais, região que lidera a destruição do bioma, indicou que serão aplicadas multas que superam R$ 2 milhões, além de 10.000 m3 de material apreendido e 16 pessoas presas.

A diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica e coordenadora do Atlas pela organização, Marcia Hirota, fez algumas observações sobre o ritmo do desflorestamento. “Consideradas as médias mensais de desmatamento em Minas, tivemos uma redução de 64% no ritmo dos desfloramentos após o anúncio da moratória, que passou de 960 ha para 344 ha por mês. A resposta do governo foi positiva, mas os índices ainda são os maiores do País e há muito trabalho a ser feito, não só para conter o desmatamento, mas para restaurar e recuperar essa floresta“, observa a diretora.

Efeito formiga

Apesar dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo terem apresentado baixos índices de desmatamento o que preocupa é o chamado “efeito formiga”. Marcia Hirota explica o porquê esse assunto merece mais atenção. “Não há mais desmatamentos de grandes proporções, mas eles ainda acontecem para expansão de moradias e infraestrutura. Só não aparecem no nosso levantamento, porque são áreas menores de 3 hectares“, diz ela.

Para Mario Mantovani, diretor de políticas públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, é imprescindível que todos os municípios façam seus Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA).

“O Plano traz benefícios para a gestão ambiental e o planejamento do município. Quando o município faz o mapeamento das áreas verdes e indica como elas serão administradas – por exemplo, se vão virar um parque ou uma área de proteção ambiental – fica muito mais fácil conduzir processos como o de licenciamento de empreendimentos. Além disso, é uma legislação que coloca o município muito mais próximo do cidadão, porque também estamos falando em qualidade de vida”, contextualiza.

O Atlas dos Remanescentes Florestais e Ecossistemas Associados do Bioma Mata Atlântica, desenvolvido pela Fundação SOS Mata Atlântica e o INPE, órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, colabora para a compreensão da situação em que se encontra a Mata Atlântica.

Para ter acesso aos dados completos do relatório técnico, acesse www.sosma.org.br

http://www.setor3.com.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.290
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.132
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
1 Ago
2021
AAAS Kavli Science Journalism Awards
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
15 Jun
2021
FAPESP / M-ERA.NET 2021 – Ciência de Materiais e...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
15 Jun
2021
Professional Fellowship 2021
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS