Matrículas crescem na educação infantil, mas não no nível médio

Por: Thaís Iannarelli
28 Fevereiro 2014 - 14h12

O número de matrículas em creches cresceu 7,5% em 2013 em relação ao ano anterior, e 2,2% na pré-escola. O crescimento, no entanto, não se reflete no ensino médio, cujas matrículas estão estagnadas (-0,8%). Os dados são do Censo da Educação Básica 2013, divulgados pelo MEC.
Na apresentação, o ministro Henrique Paim e o presidente do Inep, Francisco Soares, afirmaram que o fluxo escolar está melhorando, isto é, há menos alunos atrasados que estejam matriculados na educação básica. Essa seria a razão para a redução no número de matrículas no ensino fundamental. Em 2013, havia 13,3 milhões de estudantes matriculados nos anos finais do ensino fundamental. O montante é 2,8% menor que o número de 2012. Apesar dessa correção no fluxo, o número de matrículas no ensino médio não cresceu e segue estagnada a números equivalentes aos de 2007. "A boa notícia é que está melhorando a aprovação", afirmou Francisco Soares. "Mas o abandono no 1° ano [do ensino médio] ainda é grande." Soares não soube especificar os números de aprovação e retenção dos estudantes na educação básica e afirmou que os dados serão divulgados posteriormente. O número de alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos) caiu. Em 2013, 2,44 milhões de estudantes cursavam o ensino fundamental em salas de jovens e adultos, o número é 4,5% que o do ano anterior. No ensino médio, a queda é de 1,6% (1,32 milhões).

www.uol.com.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS