Flávio Canto

Por: Daniela Tcherniacowski
01 Setembro 2004 - 00h00
A os 29 anos, Flávio Canto conquista, pela primeira vez, uma medalha olímpica numa carreira já celebrada por uma série de vitórias, como o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo (2003), no Torneio de Ranqueamento Olímpico da Argentina (2003) e nos Jogos Sul-Americanos (2002).Enquanto lutava pela medalha na Grécia, cerca de 400 crianças de Cidade de Deus e da favela carioca da Rocinha torciam pelo atleta. Todas são alunas de judô da ONG Instituto Reação que Canto mantém desde 2000. E foi para elas a homenagem pelo bronze em Atenas."Para uma criança carente, entrar em uma competição e ganhar de uma criança rica é a prova de que ela precisa para acreditar que é capaz, não só de vencer competições, mas de lutar por seus sonhos", afirma.Em entrevista à Revista Filantropia, o judoca conta como se interessou pela ação social.Revista Filantropia: Como começou sua história de engajamento social?Flávio Canto: Sempre carreguei um sentimento muito forte de indignação pela miséria e desigualdade em nosso país. Em 2000, resolvi fazer parte de uma idéia que hoje se chama Reação, que utiliza o judô como instrumento de inclusão social.Filantropia: Quais são as dificuldades que você enfrenta na ONG? Quais são as conquistas de seu trabalho social? O que ainda falta conquistar?FC: A parte administrativa é a mais chata e, por isso, a deixo com o diretor-administrativo. A maior conquista é perceber nos olhos de nossos atletas a determinação de lutar por seus objetivos. Temos algumas parcerias com outras ONGs, mas ainda é pouco. Falta mais organização para trabalharmos em rede.Filantropia: Como o esporte pode ajudar uma criança carente? E o judô, em especial?FC: O esporte é o instrumento ideal para inclusão social, desde que atrelado ao alto rendimento. Sem isso, ele perde força. É importante que haja a figura do ídolo para segurar as crianças no projeto, e de competições para motivar os atletas. Para uma criança carente entrar em uma competição e ganhar de uma criança rica é o que ela precisa para acreditar que é capaz não só de vencer competições, mas de lutar por seus sonhos.Filantropia: Como você encara a violência dos morros no Rio, como o da Rocinha, onde você mantém um trabalho social?FC: A violência é fruto de toda desigualdade e indiferença de nossa sociedade. Não estou lá para condenar o tráfico ou a violência. Minha função é levar cidadania.Filantropia: De volta ao Brasil, o que você espera fazer pela sua carreira e pelas atividades com a ONG?FC: Pretendo ampliar o projeto. Para isso, é preciso uma sala muito maior para atender a demanda de alunos. Talvez faça especialização ou mestrado relacionado ao Terceiro Setor quando parar de competir, mas, por enquanto, continuo treinando.

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS