Instituto Ronald McDonald lança estudo sobre diagnóstico contra o câncer

Por: Instituto Filantropia
21 Junho 2013 - 22h13


Para comemorar seus 14 anos de existência, o Instituto Ronald McDonald divulgou estudo exclusivo realizado pelo Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Instituto Fernandes Figueira (NATS/IFF) sobre o Programa Diagnóstico Precoce do Instituto Ronald McDonald. Criado em 2008, em parceria com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) e a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica, o programa possibilitou que mais de 13 mil profissionais fossem capacitados em todo o Brasil, o que representa uma área de cobertura de 106 municípios em 12 estados. O câncer ainda é a principal causa de mortalidade por doença na faixa etária dos 5 aos 19 anos. As chances de cura podem chegar a 85%, desde que o diagnóstico seja precoce, segundo dados do Inca. A pesquisa mostra que houve um aumento de 23% de crianças e adolescentes que chegaram aos hospitais pesquisados para concluir a avaliação diagnóstica nas regiões em que o programa foi implementado.
www.agenciabrasil.gov.br

PARCEIROS VER TODOS