Repasse das contribuições ao FGTS

Por: Instituto Filantropia
21 Junho 2013 - 21h38

Empregadores que não repassarem à Caixa Econômica Federal, no prazo legal, as contribuições ao Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), recolhidas dos contribuintes, poderão ser processados e presos por crime de apropriação indébita. A proposta está no Projeto de Lei 4804/12, do deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), e também aumenta a multa a ser paga em benefício do trabalhador para esses casos, de 5 e 10% no mês de vencimento e no seguinte, para 50 e 100%, respectivamente. O texto altera o Código Penal e sujeita o infrator à pena de reclusão de dois a cinco anos. A proposta será analisada pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, seguirá para o Plenário.
www.camara.gov.br

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS