Estudo Mostra Que 65% Das Detentas Gestantes Poderiam Ficar Em Prisão Domiciliar

Por: Instituto Filantropia
02 Fevereiro 2016 - 23h48

7O estudo Saúde Materno-Infantil nos Presídios, feito pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz entre fevereiro de 2012 e outubro de 2014, foi feito em presídios de todas as capitais brasileiras e regiões metropolitanas que recebem mães com filhos pequenos.

Foram entrevistadas 447 presas, que avaliaram questões relacionadas à saúde, a fatores psicossociais, tanto das mulheres quanto dos agentes penitenciários, à parte jurídica e à ambiência.

A pesquisa mostrou que 65% das gestantes condenadas poderiam cumprir prisão domiciliar por ter cometido crimes de menor poder ofensivo, como porte de drogas e pequenos furtos, e serem presas provisórias.

http://agenciabrasil.ebc.com.br

 

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
15.490
Oportunidades Cadastradas
9.585
Modelos de Documentos
3.095
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
15 Abr
2020
1º Concurso Sua Arte no Livro Didático - FNDE
Prazo
20 Mar
2020
IX Prêmio Fotografia-Ciência & Arte - CNPq
Prazo
2 Fev
2019
7º Edital SECMA - Seleção de Projetos Audiovisuais...
Prazo
1 Mar
2020
2ª Chamada de artigos Censo GIFE
Prazo
23 Mar
2020
World Habitat Awards 2020
Prazo
31 Mar
2020
United Nations Voluntary Fund on Disability
Prazo
Contínuo
Mitsubishi Corporation Foundation for the Americas
Prazo
Contínuo
Oak Foundation’s - Issues Affecting Women Programme
Prazo
Contínuo
Apoio Emergencial para organizações indígenas na...
Prazo
Contínuo
Fundo Regenerativo Brumadinho

PARCEIROS VER TODOS