Incentivo ao parto normal tem regras instituídas

Por: Thaís Iannarelli
07 Julho 2015 - 10h53

Após constatação de que cerca de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados à prematuridade, muitas vezes forçada pela cesariana não necessária, o Ministério da Saúde lançou a utilização do partograma.

O partograma será um documento em que todos os dados relacionados ao trabalho de parto da gestante estarão registrados para evitar a cirurgia cesariana desnecessária.

Os planos de saúde só poderão aceitar cesarianas quando há real risco para a criança ou para a mãe, como em casos de diabetes aguda ou placenta insuficiente.

Os documentos sobre o pré-natal também devem ficar com a gestante, para auxiliar no momento do parto.

Fonte: Agência Brasil

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.290
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.132
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
1 Ago
2021
AAAS Kavli Science Journalism Awards
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
15 Jun
2021
FAPESP / M-ERA.NET 2021 – Ciência de Materiais e...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
15 Jun
2021
Professional Fellowship 2021
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS