Idosos serão inclusos no Prouni e Pronatec

Por: Thaís Iannarelli
28 Janeiro 2016 - 20h48

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou proposta para incluir as pessoas com idade igual ou superior a 60 anos entre os beneficiários do Programa Universidade para Todos (Prouni) e do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A medida prevista no Projeto de Lei 601/15, da deputada Conceição Sampaio (PP-AM) tem como expectativa, segundo a autora, o aumento da oferta de cursos profissionalizantes para os idosos, “aproveitando seus potenciais e habilidades em atividades remuneradas”.

O deputado Roney Nemer (PMDB-DF) observa que a falta de vagas para idosos em universidades é um dos impasses à universalização do conhecimento nessa faixa etária, um dos objetivos da Política Nacional do Idoso (Lei nº 8.842/94).

De acordo com o texto, a instituição de ensino superior que aderir ao Prouni deverá fixar percentual de bolsas de estudo destinado aos alunos idosos, da mesma forma que faz em relação às pessoas portadoras de deficiência ou às autodeclaradas indígenas e negros.

Hoje o programa oferece bolsas integrais e parciais (50%) em universidades privadas a estudantes sem diploma de nível superior.

O texto também garante aos trabalhadores idosos prioridade de inscrição nos cursos oferecidos pelo Pronatec. Para tanto, é preciso haver vagas disponíveis que não foram ocupadas por outras pessoas com prioridade, como estudantes do ensino médio da rede pública, beneficiários dos programas federais de transferência de renda e demais trabalhadores.

Fonte: Câmara dos Deputados

PARCEIROS VER TODOS