Governo lança novo ProJovem

Por: Revista Filantropia
01 Setembro 2007 - 00h00
O governo federal lançou, em 5 de setembro, o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), que conta com ações dos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Trabalho e Emprego, Educação e da Secretaria Geral da Presidência da República. O programa trabalha em quatro eixos: Adolescente, Urbano, Campo e Trabalhador. O ProJovem adolescente, sob responsabilidade do MDS, é uma reformulação do Agente Jovem e inclui a expansão da idade do Bolsa Família. O ProJovem Urbano, da Secretaria Geral da Presidência da República, trabalhará com jovens de 18 a 29 anos que não concluíram o ensino fundamental. O ProJovem Campo funciona nos mesmos moldes, com 24 meses de duração, mas terá calendário escolar diferenciado para acompanhar o ciclo agrícola e será coordenado pelo MEC. E o ProJovem Trabalhador, do Ministério do Trabalho, dará uma bolsa de R$ 100 por seis meses para jovens de 18 a 29 anos, desempregados e com renda familiar per capita de até meio salário-mínimo, que receberão capacitação profissional. Os recursos para os programas em 2008 – R$ 1,4 bilhão – já estão previstos no orçamento e o objetivo é investir R$ 5,4 bilhões até 2010.
www.mds.gov.br
www.mec.gov.br
www.mte.gov.br
www.presidencia.gov.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS