Fiscalização de desmatamento aumenta com ajuda de radar

Por: Thaís Iannarelli
24 Julho 2015 - 14h00

Foi firmado no dia 20 de julho o contrato entre o Ministério da Defesa, pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipan) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) para a compra de um radar orbital para auxiliar no controle do desmatamento da Floresta Amazônica.

O projeto Amazônia SAR que tem um custo total de R$ 80,5 milhões terá R$ 63,9 milhões de recursos do Fundo Amazônia e R$ 16,6 milhões do Orçamento da União.

O aparelho promete intensificar o controle nesta área podendo acompanhar o desmatamento inclusive em dias nublados.

Fonte: Agência Brasil

PARCEIROS VER TODOS