Fim da matança

Por: Revista Filantropia
01 Setembro 2007 - 00h00

O Instituto Sea Shepherd Brasil (ISSB), organização ambiental sem fins lucrativos que visa à proteção da vida marinha, ingressou com uma ação civil pública com pedido de liminar na Justiça Federal do Amapá contra o Ibama. O motivo foi a omissão dos nomes dos responsáveis pelo massacre de golfinhos em Macapá (AP). A atividade ilegal veio à tona no dia 16 de julho, em matéria exibida pelo Jornal Nacional, feita com imagens produzidas por agentes do órgão federal. As imagens mostraram pescadores exterminando 83 golfinhos em um único dia.

www.seashepherd.org.br

PARCEIROS VER TODOS