Férias em dobro

Por: Revista Filantropia
01 Julho 2010 - 00h00
Os valores correspondentes ao dobro da remuneração de férias não pagas no prazo estipulado na legislação trabalhista não estão sujeitos à incidência de contribuições previdenciárias e depósito para o FGTS. www.iob.com.br

PARCEIROS VER TODOS