Extinção de aves agrava perda de Mata Atlântica

Por: Thaís Iannarelli
11 Junho 2013 - 00h10

A extinção de grandes aves que se alimentam de frutos, como o tucano, coloca em risco espécies vegetais nativas da Mata Atlântica, bioma característico do litoral brasileiro, afirma pesquisa desenvolvida por pesquisadores brasileiros, em associação com mexicanos e espanhóis, que coletou cerca de nove mil sementes de palmito juçara em 22 áreas da região. As análises mostraram que, nas regiões onde os tucanos estão extintos há mais de 50 anos, essas palmeiras geravam frutos significativamente menores do que em regiões de floresta preservada, onde esta ave ainda está presente. “Em zonas onde há apenas aves de menor porte, que têm bico pequeno e, por isso, conseguem comer frutos e carregar sementes pequenas e mais frágeis, estas ressecam mais facilmente e têm menos chance de germinar”, explica o especialista da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Mauro Galetti. Assim, diz, a espécie vegetal vai desaparecendo lentamente.

www.tierramerica.info

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS