Edukatu convoca para o Food Revolution Day

Por: Thaís Iannarelli
18 Maio 2015 - 14h12

Mudar hábitos a favor de uma alimentação saudável e compartilhar propostas sobre sustentabilidade e consumo consciente relacionadas aos alimentos é um dos objetivos do Food Revolution Day (Dia da Revolução Alimentar). O chef inglês Jamie Oliver foi quem começou a campanha, convocando as pessoas para que, neste dia, ao cozinhar, escolham alimentos orgânicos e naturais. Agora, a data é também comemorada em muitas cidades do Brasil e em mais de 90 países. 

A alimentação saudável é um dos grandes desafios mundiais. Ainda são poucas as pessoas que consomem a quantidade recomendada de frutas e hortaliças, por exemplo. De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde divulgada em abril deste ano, apenas 24,1% dos brasileiros ingerem 400 gramas diários destes alimentos, em cinco ou mais dias da semana, quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A data é uma oportunidade para a comunidade escolar trabalhar a alimentação saudável e o consumo consciente de alimentos. É o que fazem muitos dos professores do Edukatu, rede gratuita e aberta de aprendizagem sobre o consumo consciente, promovida pelo Instituto Akatu em parceria com a Braskem. “A escola é o lugar ideal para desenvolver projetos de consumo consciente a partir da alimentação. Esse ambiente favorece a aprendizagem e o compartilhamento de práticas de alimentação saudável, sem desperdício e com uso integral de alimentos”, afirma Silvia Sá, gerente de educação do Instituto Akatu.

Com o plano de aula Comer e aprender, por exemplo, os professores podem promover o debate sobre alimentação saudável. Quem já fez isso foi o professor José Marcos dos Santos da Escola Municipal de Educação Básica “Professora Maria Rocha Santos Silva”, em Coruripe (AL). O professor conta que percebeu mudanças no comportamento de seus alunos depois de usar esse plano de aula. “Agora eles têm uma alimentação mais saudável e cuidam mais da natureza. Muito gratificante ver bons resultados! É essencial que as pessoas reflitam sobre seus atos de consumo e façam suas escolhas de forma consciente, considerando todo o ciclo de vida [do produto]. O intuito é formar consumidores mais preparados e conscientes”, comenta.

É essencial o uso e a busca desses materiais para o diálogo e o estímulo de seus alunos, ressalta José Marcos. “Desde que assumi a responsabilidade como professor, passei a utilizar materiais que pudessem trazer a realidade de fora para dentro da sala de aula como forma de estreitar as relações vividas, analisar, discutir, conscientizar e buscar novas alternativas.”, ilustra o professor.

Os circuitos do Edukatu estimulam o trabalho em equipe e a aprendizagem conjunta com professores e alunos. No Circuito Estilos Sustentáveis de Vida, o percurso Comer, Dividir e Brincar, desenvolvido com o apoio da Fundação Cargill, conta com vídeos, brincadeiras e jogos sobre alimentação saudável, desnutrição e obesidade. Nesse percurso está um dos jogos mais utilizados pelos estudantes do Edukatu, o Piquenique Saga, que busca promover uma deliciosa reflexão sobre o que é colocado no prato e como essas escolhas podem resultar em uma refeição mais saudável.

Tempero e arte é outro plano de aula que traz mais atividades para refletir sobre o assunto. Os vídeos disponíveis na rede, como o Guia para uma alimentação saudável, oferecem ainda dicas práticas, que são boas opções para o debate.
Informações no site http://edukatu.org.br
Fonte: Setor3

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS

Incentivadores
AudisaDoação SolutionsDoritos PepsicoFundação Itaú SocialFundação TelefônicaInstituto Algar de Responsabilidade Social INSTITUTO BANCORBRÁSLima & Reis Sociedade de AdvogadosQuality AssociadosR&R
Apoio Institucional
ABCRAbraleAPAECriandoGIFEHYBInstituto DoarInstituto EthosSocial Profit
Parceiros Estratégicos
Ballet BolshoiBee The ChangeBHBIT SISTEMASCarol ZanotiCURTA A CAUSAEconômicaEditora ZeppeliniEverest Fundraising ÊxitosHumentumJungers ConsultoriaLatamMBiasioli AdvogadosPM4NGOsQuantusS&C ASSESSORIA CONTÁBILSeteco Servs Tecnicos Contabeis S/STechsoup