Diversos eventos celebram Dia Mundial do Refugiado

Por: Thaís Iannarelli
17 Junho 2015 - 18h05

No momento em que o Brasil registra um número recorde de estrangeiros que chegam ao país fugindo de guerras e perseguições, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e seus parceiros organizam, entre 15 e 20 de junho, diversos eventos para marcar o Dia Mundial do Refugiado, celebrado neste sábado (20).

Nesta sexta-feira (19), no Rio de Janeiro, a partir das 16h30, dezenas de refugiados participarão, no Cristo Redentor, de uma cerimônia com a presença do coro infantil Coração Jolie – formado por crianças refugiadas que vivem no Brasil. Ao final da cerimônia, que contará com representantes do ACNUR, da Arquidiocese do Rio de Janeiro, da Caritas Arquidiocesana, do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE) e da organização não governamental IKMR – além de artistas e músicos, o Cristo Redentor será iluminado com a cor azul característica das Nações Unidas e do ACNUR.

No sábado (20), em São Paulo, acontece o lançamento da 2ª Copa dos Refugiados, em uma cerimônia no SESC Interlagos (Av. Manuel Alves Soares, 1100 – Parque Colonial) com mais de 100 refugiados de diferentes países – além de representantes do ACNUR, da Caritas Arquidiocesana de São Paulo e autoridades dos governos estadual e municipal. Nesta ocasião, serão sorteados os grupos que disputarão a Copa (em agosto) e acontecerá uma partida amistosa entre Nigéria e Camarões (as equipes campeã e vice-campeã do torneio de futebol disputado em 2014) – além da apresentação, ao vivo, da música do videoclipe “Refugees in Brazil” (ou “Refugiados no Brasil”), elaborado e produzido por refugiados que vivem em São Paulo.

Em todo o mundo, o Dia Mundial do Refugiado é uma oportunidade para celebrar a força, a coragem e a resistência das pessoas que foram forçadas a deixar suas casas e seus países por causa de guerras, perseguições e violações generalizadas de direitos humanos. Segundo o relatório do ACNUR “Tendências Globais”, que será lançado nesta quinta-feira (18), o deslocamento forçado devido a conflitos atingiu níveis recordes no mundo e está acelerando rapidamente.

O Brasil se insere neste contexto e registra também um número recorde de refugiados reconhecidos e de solicitantes de refúgio. Segundo dados do CONARE, o país abriga cerca de 8 mil refugiados de 81 nações diferentes, além de ter recebido 12 mil solicitações de refúgio durante o ano de 2014.

Outros eventos – Além dos eventos no Cristo Redentor e no SESC Interlagos, o ACNUR e seus parceiros realizam outras atividades para marcar o Dia Mundial do Refugiado no Brasil.

Na terça-feira (16), o ACNUR participa em Brasília do 1º Seminário Interinstitucional para Refugiados e Ajuda Humanitária, promovido pela Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (ANAJURE) e a Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária (FPMRAH). O evento acontece a partir das 11h, no plenário 13 da Câmara dos Deputados, em Brasília. Além do ACNUR, participam representantes do CONARE, do Ministério das Relações Exteriores, do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e da ONG Médicos Sem Fronteiras.

Por fim, a partir das 9h da manhã da quinta-feira (19), também no Rio de Janeiro, estudantes da Escola Municipal Friedenreich (Avenida Maracanã, 782) irão colorir 400 bonecas de pano cedidas pela empresa Com Lola, que serão posteriormente doadas para crianças refugiadas sírias que vivem na Jordânia e também para crianças refugiadas que vivem no Brasil. Esta atividade é parte da campanha “A Volta ao Mundo em uma Mochila”, executada pelo ACNUR em diversos países das Américas para sensibilizar o público sobre o impacto do deslocamento causado por conflitos e violações de direitos humanos na vida de milhões de meninas e meninos.


Fonte: ONU

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS