Direito à água e saneamento para todos é possível

Por: Thaís Iannarelli
05 Agosto 2015 - 15h12

Após 5 anos do lançamento da resolução da Assembleia Geral sobre o direito humano à água e ao saneamento mesmo com os desafios, as metas são possíveis.

 

“Cinco anos atrás, hoje, os Estados-Membros das Nações Unidas reconheciam explicitamente o direito humano à água e ao saneamento na Assembleia Geral. E isso significa que, como um direito humano, todas as pessoas, sem discriminação, devem ter acesso à água potável e ao saneamento, que é acessível, aceitável, disponível e segura”, declarou o relator especial das Nações Unidas sobre o tema, o brasileiro Léo Heller.

 

O prazo para chegar a esta realidade seria de mais 15 anos.

 

Fonte: ONU

 

PARCEIROS VER TODOS