Decreto estadual aprova o regulamento do Imposto de Transmissão “Causa-Mortis” e Doação

Por: Consultoria Economica
01 Julho 2002 - 00h00
Foi aprovado em São Paulo no último dia 1o de abril o decreto estadual nº 46.665, que regulamenta a lei nº 10.705 criando o Imposto de Transmissão “Causa-Mortis” e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos. O imposto incidirá sobre a transmissão de qualquer bem havido por sucessão ou testamento ou por doação. A alíquota do imposto será de 4% sobre o valor venal do bem ou do direito transmitido e o seu recolhimento será feito mediante guia preenchida conforme modelo aprovado pela Secretaria da Fazenda. Não haverá incidência deste tributo no caso das transmissões dos bens para as instituições de educação e assistência social sem fins lucrativos, desde que esses bens estejam vinculados à suas finalidades essenciais.

Já no caso das transmissões “causa mortis” estão isentas de recolhimento as entidades sem fins lucrativos cujos objetivos estejam vinculados à promoção dos direitos humanos, da cultura ou do meio ambiente. Para que não haja a incidência ou ocorra a isenção, a Secretaria da Fazenda expedirá instruções contendo as obrigações a serem cumpridas pelos interessados nesse fim.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
16.515
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.222
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
30 Abr
2020
Prêmio Melhores ONGs
Prazo
30 Abr
2020
Dubai International Best Practices Award
Prazo
1 Mai
2020
World Food Prize 2020
Prazo
8 Mai
2020
15ª edição do prêmio Para Mulheres na Ciência
Prazo
21 Mai
2020
Zayed Sustainability Prize 2021
Prazo
26 Mai
2020
UNESCO - Prize for Girls’ and Women’s Education...
Prazo
1 Jun
2020
Sophie Danforth Conservation Biology Fund
Prazo
18 Jun
2020
Global Health Security & Pandemics Challenge
Prazo
30 Jun
2020
Prêmio Internacional de Seguros Julio Castelo Matrán
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas

PARCEIROS VER TODOS