Leonardo Letelier

Por: Thaís Iannarelli
01 Setembro 2010 - 00h00

“Desenvolver infraestrutura financeira para o setor social no Brasil, acreditando que financiamento adequado e aconselhamento efetivo fortalecem as organizações sociais e aumentam seu impacto junto às causas e beneficiários”. Esta é a missão defendida pela sitawi, organização sem fins lucrativos, caracterizada como um Fundo Social, que amplia o impacto de organizações e empresas que se comprometem com causas sociais e ambientais no país.

Seu fundador, Leonardo Letelier, tem mais de três anos de experiência em investimento e dez anos em consultoria estratégia e social pela McKinsey & Co. Também foi diretor da Iniciativa Cidadania Econômica para Todos, na Ashoka. A intenção da sitawi, por meio do Fundo Social, é financiar organizações sociais que geram receita própria e podem se beneficiar de empréstimos com uma taxa de juros adequada, que leva em conta seu impacto social.

Em entrevista à Revista Filantropia, Letelier fala sobre a transferência de recursos, a sustentabilidade
e o acesso ao crédito no Brasil.

Revista Filantropia: Como surgiu a ideia do empréstimo de capital às organizações sociais?

Leonardo Letelier: Começou com a percepção de que só o aconselhamento para as instituições não bastava e, por outro lado, só o capital também não era suficiente. Então, comecei a pensar que deveria ter algum jeito de dar mais do que só capital e mais do que só aconselhamento. Tentei juntar as duas coisas. A outra percepção foi do ponto de vista da quantidade, volume de recursos. O volume de doações no Brasil chega a aproximadamente R$ 5, 10 bilhões. Só que de crédito são R$ 500 bilhões. Quer dizer, são 100 vezes mais, e enxergamos o dinheiro como potencial de impacto social.

Aí percebemos que o setor social como um todo deixava de lado um valor grande e, concentrando nas doações, falávamos só de 2% do bolo. Foi daí que surgiu a sitawi, não porque o empréstimo vai ser a solução para todos os males, nem porque o dinheiro deve ser emprestado e as doações devem ser abandonadas. Muito pelo contrário, mas quando o empréstimo fizer sentido, esse capital deveria estar disponível. E quanto mais isso acontecer, mais tende a acontecer.

RF: E qual é a expectativa quando se faz um empréstimo para uma organização, em relação à sua estratégia para devolução do dinheiro e, principalmente, sobre como ele será usado?

LL: Hoje o que fazemos é pegar uma série de modelos que não foram desenhados para serem sustentáveis e tentando mudar esse ponto de vista. Porque antes não existia essa preocupação. Nós queremos fazer com que o empréstimo seja uma coisa comum para a próxima geração de empreendedores sociais. Por exemplo, imagine se um dentista quer fazer algum tipo de ação social. Ele pode pegar R$ 5 mil emprestado

de alguém todo mês para fazer um atendimento na favela, ou, por outro lado, pode pegar um tanto em doação, outro tanto em empréstimo, vários tipos de capital. Assim, em vez de atender três crianças, vai atender 300. Obviamente ele tem de montar um modelo que consiga gerar o capital a ser devolvido

RF: De onde vem o capital para os empréstimos?

LL: Já emprestamos quase R$ 1 milhão e não temos inadimplência nas devoluções. O volume ainda é pequeno, mas é justamente porque temos pouco dinheiro no Fundo Social, que tem cerca de R$ 500 mil hoje. Isso faz parte da dinâmica do modelo, porque as doações entram na sitawi, para o Fundo Social que criamos como Oscip. Então, essas doações entram no fundo e são emprestadas; depois, as devoluções retornam para o fundo e são emprestadas novamente. Isso tem um efeito de multiplicação do impacto social e, por isso, só com R$ 500 mil conseguimos emprestar já quase R$ 1 milhão.

RF: Como as instituições podem ter acesso ao crédito oferecido pelo Fundo Social?

LL: Primeiramente, precisamos ver se a ação tem impacto social. Em segundo lugar, precisamos saber se a instituição consegue devolver o dinheiro, já que se trata de um empréstimo. Precisamos saber se há alguém ou uma equipe dedicada à operação de negócio. Faz parte da missão também dar acesso a quem não tem crédito, ou a quem teria muitas dificuldades de conseguir acesso a isso em uma instituição financeira, por exemplo. Por isso também, ao conhecer a instituição que precisa do crédito, fazemos a pergunta: essa organização vai estar melhor depois do empréstimo? Porque ela pode até devolver o dinheiro, mas pode estar na pior. Como não é essa nossa intenção,fazemos essa pergunta final.

RF: Vocês fazem algum tipo de acompanhamento às instituições que recebem o empréstimo?

LL: Fazemos um aconselhamento estratégico, não acompanhamento. Vamos apoiar algumas decisões específicas
que sejam importantes para o negócio, como ajudar com alguma certificação, ou com uma planilha de fluxo de caixa. O que não fazemos é ficar de mãos dadas gerenciando o negócio com eles. Isso porque queremos estar sempre entre um processo mais tradicional de filantropia e um banco. A filantropia te dá o dinheiro e não pede de volta. O banco empresta o dinheiro, cobra caro por isso e não dá nada em troca, em termos de assessoria. Nós ficamos no meio do caminho.
Emprestamos o dinheiro, cobramos juros abaixo do mercado, cerca de 1% ao mês, e damos também aconselhamento estratégico para as ações.

RF: Como você vê a realidade do Terceiro Setor hoje em relação ao acesso ao crédito?

LL: Nas organizações sociais há muito pouco acesso. Na verdade, sempre perguntamos se os nossos clientes
já têm crédito, se já conseguiram ou não. A maioria não consegue ou até consegue, mas não o que realmente
precisavam. Em um caso, a pessoa precisava de R$ 100 mil com uma taxa de juros adequada, e o que o banco ofereceu foi R$ 10 mil, ou seja, não resolveu o problema. Então, acesso todo mundo tem, mas acesso a um crédito adequado, na prática, ninguém tem. E estamos trabalhando porque queremos que isso aconteça.

RF: Você acha que elas estão preparadas para administrar esse tipo de apoio?

LL: Não dá pra falar de modo geral, porque algumas estão e outras não. O setor social é muito heterogêneo. A razão para isso também é que a cultura de crédito no Brasil é recente. Quando você tem na economia uma hiperinflação e as taxas de juros altas, que ainda temos, não faz sentido você pegar um crédito. E crédito é um compromisso fixo que se faz e, quando a economia está variando, não é exatamente bom você ter um compromisso fixo. Por isso, durante muito tempo não era uma coisa recomendável. Atualmente, a mentalidade de crédito passa a ser uma coisa mais comum, então esse processo ainda está acontecendo no Brasil.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
11.830
Oportunidades Cadastradas
8.743
Modelos de Documentos
2.525
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
26 Mar
2019
Programa de Desenvolvimento de Profissionais de Educação...
Prazo
26 Mar
2019
Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores...
Prazo
25 Mar
2019
Edital de Ocupação do Teatro José Maria Santos 2019
Prazo
30 Abr
2019
Para Mulheres na Ciência 2019
Prazo
23 Mar
2019
Reflexões e Práticas: Os caminhos Para a Inclusão...
Prazo
Contínuo
Programa de Apresentação de Unidades de Dessalinização...
Prazo
Contínuo
Programa Empreendedoras Digitais
Prazo
31 Mar
2019
UX Design Awards
Prazo
29 Mar
2019
Combat Wildlife Trafficking in Brazil Program
Prazo
14 Abr
2019
Restaurant e Bar Design Awards 2019
Prazo
7 Jun
2019
Minor Foundation for Major Challenges Grants Program
Prazo
31 Mar
2019
Prêmio ICE de Investimentos e Negócios de Impacto
Prazo
17 Jun
2019
Ocean Awareness Student Art Contest 2019
Prazo
20 Abr
2019
Antologia Vida de Blogueira
Prazo
8 Abr
2019
Prêmio Firjan Ambiental 2019
Prazo
31 Mar
2019
5th Youth Leadership Workshop on Global Citizenship...
Prazo
8 Abr
2019
Chamada conjunta Czech Science Foundation (GACR) e...
Prazo
10 Abr
2019
Emerging Technologies for New Solutions in Global Health...
Prazo
27 Mar
2019
Newton International Fellowships - CNPq
Prazo
10 Abr
2019
Environmental niches of Salmonella Typhi - Grand Challenges...
Prazo
23 Jul
2019
Programa Bolsa Nota 10 - FAPERJ - 2019
Prazo
31 Mar
2019
Apoio a Ações de Conservação - Grupo Boticário
Prazo
14 Out
2019
Muste Institute's Social Justice Fund 2019
Prazo
31 Mar
2019
27ª Edição do Festival Anima Mundi 2019
Prazo
21 Abr
2019
Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social...
Prazo
22 Abr
2019
39º Prêmio José Reis de Divulgação Científica...
Prazo
1 Set
2019
Seed and Early-stage Grants to Grassroots Women’s...
Prazo
8 Abr
2019
11º Edital de Responsabilidade Socioambiental da Brookfield...
Prazo
31 Ago
2019
Aesthetica Art Prize
Prazo
15 Out
2019
Embracing Our Differences
Prazo
31 Out
2019
Cadastramento de Bandas - Grupos Musicais 2019
Prazo
1 Nov
2019
Roy Scrivner Memorial Research Grants Program
Prazo
8 Dez
2019
CLUE: Light & Disruption
Prazo
Contínuo
Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica...
Prazo
Contínuo
Bolsa de Doutorado Direto
Prazo
Contínuo
Auxílio à Pesquisa - Regular
Prazo
15 Set
2019
Institutional Grants
Prazo
1 Abr
2019
IUPAC Next Generation Programme
Prazo
18 Abr
2019
Reaplicar Tecnologias Sociais em municípios de Minas...
Prazo
31 Out
2019
Mohamed Bin Zayed Species Conservation Fund 2019
Prazo
26 Abr
2019
Chamada Pública de Inovação em Eficiência Energética
Prazo
1 Set
2019
Fondation Mérieux’s Small Grant
Prazo
31 Mar
2019
Young Champions of the Earth 2019
Prazo
31 Dez
2019
FAPESP - Auxílio à Pesquisa - Projeto Temático
Prazo
18 Abr
2019
1ª Chamada Pública Finep – Autoridade Nacional...
Prazo
4 Mai
2019
7º Concurso de Ajudas 2019 - IBERBIBLIOTECAS
Prazo
30 Dez
2019
Wildlife Acoustics Scientific Product Grant
Prazo
28 Mar
2019
THAIFEX - World Food Asia 2019
Prazo
13 Mai
2019
Fund for Investigative Journalism’s
Prazo
4 Jun
2019
WorldFood Istanbul 2019
Prazo
22 Jul
2019
Fruit Attraction 2019
Prazo
26 Ago
2019
Israfood 2019
Prazo
31 Mar
2019
World of Difference Awards 2019
Prazo
12 Abr
2019
FAPESP - University of Birmingham e University of Nottingham...
Prazo
12 Abr
2019
Escola de verão sobre economias latino-americanas
Prazo
30 Abr
2019
Prize on Education for Sustainable Development - ESD...
Prazo
31 Mai
2019
UN Young Champion of the Earth
Prazo
31 Dez
2019
Project Grants
Prazo
29 Abr
2019
Chamada de Propostas SPRINT - Edição 1-2019
Prazo
31 Mai
2019
Prêmio Mercosul - 2018
Prazo
Contínuo
Chamada Pública BRDE/FSA – Coprodução InternacionaL...
Prazo
31 Mai
2019
Selo Agro + Integridade 2019-2020
Prazo
Contínuo
Bolsa de Pesquisa no Exterior - BPE
Prazo
Contínuo
Patrocínio Net Claro Embratel
Prazo
Contínuo
Seleção de Projetos de Incentivo à Cultura - Lei...
Prazo
Contínuo
Seleção de Projetos de Incentivo ao Esporte - Lei...
Prazo
Contínuo
Bolsa de Pós-Doutorado
Prazo
30 Abr
2019
Premio Por La Paz
Prazo
3 Mai
2019
Design Competition - 2019
Prazo
3 Mai
2019
Advertising Competition - 2019
Prazo
6 Mai
2019
Programa de Paisagens Produtivas Ecossociais
Prazo
1 Out
2019
LGBTI Projects Funding
Prazo
30 Jun
2019
Maypole Fund - Women to Proactively Challenge Patriarchy
Prazo
9 Out
2019
Making the Case for Nature
Prazo
9 Out
2019
Recovery of Species on the Brink of Extinction
Prazo
9 Out
2019
Conservation Technologies
Prazo
9 Out
2019
Participatory Science
Prazo
9 Out
2019
Reducing Marine Plastic Pollution
Prazo
9 Out
2019
Documenting Human Migrations
Prazo
Contínuo
Chamamento de Projetos Jornalísticos Sobre Florestas...
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Iniciação Científica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes
Prazo
Contínuo
FAPESP - Políticas Públicas
Prazo
Contínuo
Bolsas do Programa de Capacitação Técnica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Doutorado
Prazo
Contínuo
RESOLUÇÃO Nº 191, de 21 de Dezembro de 2018
Prazo
16 Abr
2019
International Master’s Fellowships
Prazo
Contínuo
Projetos - Globosat
Prazo
29 Mar
2019
The Diana Award 2018
Prazo
Contínuo
Estabelecimento de Parcerias para Coedições de Livros...
Prazo
Contínuo
Leia para uma criança
Prazo
Contínuo
Programa de Desenvolvimento Científico Regional –...
Prazo
Contínuo
Política de Patrocínios da CEMIG
Prazo
30 Jun
2019
Chamada Pública Bilateral FINEP-CDTI para projetos...
Prazo
Contínuo
Revista Científica de Direitos Humanos - Submissão...
Prazo
21 Set
2019
Crédito De Pesquisa Para Comitês Técnico-Científicos
Prazo
Contínuo
Chamada Pública ANCINE-FSA - Coinvestimentos Regionais
Prazo
Contínuo
Filiação ao Departamento de Informação Pública...

PARCEIROS VER TODOS