CNMP lança campanha de combate aos homicídios por impulso e apresenta levantamento

Por: Instituto Filantropia
19 Fevereiro 2013 - 23h40

 

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) apresentou a campanha ”Conte até 10. Paz. Essa é a atitude”. A iniciativa tem o objetivo de estimular a reflexão acerca dos homicídios cometidos por impulso e por motivos fúteis. O lançamento contou com a apresentação de um estudo sobre as motivações dos homicídios cometidos entre 2011 e 2012 em 11 Estados. Inédito, o levantamento foi elaborado pelo CNMP a partir de dados das Secretarias de Segurança Pública. O recorte pretende identificar, dentre o total de assassinatos com classificação de motivos, a proporção dos decorrentes de ações por impulso — em alguns Estados, esse número é superior a 50%. Para combater os crimes por impulso, a campanha passa a mensagem de tolerância em situações de conflito, buscando evitar a violência (brigas de trânsito, entre vizinhos, em bares etc.). As peças são estreladas por atletas renomados — os campeões mundiais de MMA Anderson Silva e Junior Cigano e os judocas campeões olímpicos Leandro Guilheiro e Sarah Menezes —, que participam da iniciativa sem cobrar cachê. A campanha tem vídeos, jingles de rádio, anúncios para veículos impressos e digitais, entre outras peças publicitárias que serão veiculadas na mídia nacional gratuitamente até março de 2013. 

 www.conteate10.cnmp.gov.br

CNMP lança campanha de combate aos homicídios por impulso e apresenta levantamento
O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) apresentou a campanha ”Conte até 10. Paz. Essa é a atitude”. A iniciativa tem o objetivo de estimular a reflexão acerca dos homicídios cometidos por impulso e por motivos fúteis. O lançamento contou com a apresentação de um estudo sobre as motivações dos homicídios cometidos entre 2011 e 2012 em 11 Estados. Inédito, o levantamento foi elaborado pelo CNMP a partir de dados das Secretarias de Segurança Pública. O recorte pretende identificar, dentre o total de assassinatos com classificação de motivos, a proporção dos decorrentes de ações por impulso — em alguns Estados, esse número é superior a 50%. Para combater os crimes por impulso, a campanha passa a mensagem de tolerância em situações de conflito, buscando evitar a violência (brigas de trânsito, entre vizinhos, em bares etc.). As peças são estreladas por atletas renomados — os campeões mundiais de MMA Anderson Silva e Junior Cigano e os judocas campeões olímpicos Leandro Guilheiro e Sarah Menezes —, que participam da iniciativa sem cobrar cachê. A campanha tem vídeos, jingles de rádio, anúncios para veículos impressos e digitais, entre outras peças publicitárias que serão veiculadas na mídia nacional gratuitamente até março de 2013. 
 www.conteate10.cnmp.gov.br

PARCEIROS VER TODOS