Brasil sobe no ranking de mortalidade na infância

Por: Revista Filantropia
01 Janeiro 2008 - 00h00
O Brasil melhorou 27 posições no ranking de taxa de mortalidade na infância (menores de cinco anos), segundo o relatório Situação Mundial da Infância 2008 – Sobrevivência Infantil, divulgado em
22 de janeiro pelo Unicef. O estudo avalia a situação geral da primeira infância (crianças de até 6 anos de idade) em 194 países, e o Brasil é uma das 60 nações selecionadas para a contagem regressiva para 2015 – quando se pretende atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio –, como prioritários no combate à mortalidade infantil. Apesar de a taxa de mortalidade na infância estar bem abaixo da média mundial (72 mortes a cada mil nascidos vivos), o Brasil entrou nesse grupo devido ao número absoluto de óbitos. De acordo com o relatório, em 2006,
74 mil crianças morreram no Brasil antes do quinto aniversário.

www.unicef.org.br

PARCEIROS VER TODOS