Autodelação Nas Redes Sociais

Por: Instituto Filantropia
18 Abril 2017 - 00h00

chamada

Mostrar o dia a dia com postagens e fotos nas redes sociais pode render muito mais do que diversas curtidas e uma série comentários; pode render o olhar do Fisco. É que já faz um tempo que a Receita Federal acompanha, na internet, os passos de contribuintes que levam uma vida de luxo e não declaram no Imposto de Renda. O monitoramento ajuda a cruzar as informações que o contribuinte declarou com o patrimônio exibido nas fotos ou nos vídeos postados no Facebook, Instagram ou YouTube. Se o que foi declarado não bater com a ostentação, a Receita abre processo de identificação do patrimônio. A estratégia complementa o cruzamento de outras informações como cartão de crédito, operações imobiliárias, movimentação financeira e convênios com outras administrações tributárias, inclusive em outros países. Por fim, para quem não se conformou com a notícia, o monitoramento não é invasão de privacidade, pois o próprio contribuinte deixa os dados em modo público, sem restrições.

http://www.oestadoce.com.br

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
14.822
Oportunidades Cadastradas
9.564
Modelos de Documentos
3.008
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
19 Nov
2019
13º Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável
Prazo
24 Nov
2019
Lab Cidadania
Prazo
25 Nov
2019
UNESCO World Heritage Volunteers (WHV 2019) – Let’s...
Prazo
29 Nov
2019
11º Edital SulAmérica Para Apoio a Projetos Sociais
Prazo
15 Dez
2019
SUEZ - Institut de France Award 2019-2020
Prazo
20 Dez
2019
Programa VOA
Prazo
25 Jan
2020
Environmental Curricula Grants
Prazo
31 Mar
2020
United Nations Voluntary Fund on Disability
Prazo
Contínuo
Mitsubishi Corporation Foundation for the Americas
Prazo
Contínuo
Oak Foundation’s - Issues Affecting Women Programme

PARCEIROS VER TODOS