Atendimento a jovens de unidades carcerárias

Por: Revista Filantropia
01 Julho 2004 - 00h00

O Ministério da Saúde assumiu a responsabilidade de promover atendimento a jovens privados de liberdade. O compromisso, assinado pelo ministério em parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos e com a Secretaria Especial de Direitos para as Mulheres, destina cerca de R$ 5 milhões por ano para a nova política. Com o programa, 10.400 jovens do país serão beneficiados com ações diferenciadas dirigidas à saúde.

PARCEIROS VER TODOS