Associação Comunitária Monte Azul

Por: Revista Filantropia
01 Maio 2007 - 00h00
A pedagoga Ute Craemer tinha como ideal fazer a aproximação entre seus alunos de classe média alta e as crianças carentes do bairro Jardim Monte Azul, para criar uma ponte entre diferentes realidades socioculturais. Foi juntando estes dois grupos
socioeconômicos em tardes recreativas no quintal de sua casa que a Associação Comunitária Monte Azul começou, sendo oficialmente fundada apenas no ano de 1979.

Estabelecer o intercâmbio entre pessoas (e idéias) é um propósito herdado desde os primeiros tempos. Este intercâmbio torna possível a troca de experiências e, por meio da ação prática, estimula o respeito mútuo entre os diferentes grupos.

O trabalho social na Associação Comunitária Monte Azul é desenvolvido a partir de conceitos da antroposofia, filosofia espiritual em que a transformação do mundo passa pela transformação do próprio homem.

Trata-se de buscar as condições necessárias para a realização de cada individualidade, para que cada um possa contribuir ao desenvolvimento humano. Todas as pessoas envolvidas com a Associação Comunitária, inclusive seus funcionários (chamados colaboradores), têm oportunidade de crescimento.

A causa da Monte Azul é promover o desenvolvimento integral do ser humano. Por isso atua com educação, saúde, cultura e meio ambiente, sempre estimulando o indivíduo a se desenvolver em todas as suas potencialidades.

Uma das 730 organizações sociais parceiras do Centro de Voluntariado de São Paulo, a Monte Azul possui uma forte base comunitária e busca ampliar o número de pessoas envolvidas no processo solidário, desencadeando assim o fortalecimento do trabalho em grupo.

Monte Azul
www.monteazul.org.br

PARCEIROS VER TODOS