Associação Viva e Deixe Viver oferece Ponto de Cultura

Por: Thaís Iannarelli
04 Março 2016 - 17h03
O Ministério da Cultura e a Associação Viva e Deixe Viver promovem, entre março e setembro de 2016, o projeto “Viva a Descoberta do Brincar e Contar Histórias”. 

Realizado sob a chancela do Ponto de Cultura, este projeto tem como proposta oferecer, por meio de atividades de capacitação e oficinas, ferramentas e técnicas sobre a cultura do brincar e do contar histórias para diversos profissionais que trabalhem no desenvolvimento humano e na formação de crianças e adolescentes no âmbito da saúde e educação.

Para realizar o projeto “Viva a Descoberta do Brincar e Contar Histórias” e atingir o maior número de profissionais da saúde, o curso será realizado em sete Pontos de Cultura Focais, cada um deles oferecendo os sete módulos do programa, totalizando 49 oficinas gratuitas no ano. A estratégia visa facilitar a participação dos hospitais parceiros da Associação Viva e Deixe Viver, localizados no entorno de cada ponto focal. 

O primeiro módulo será realizado a partir do dia 8 de março, nos seguintes pontos focais: Hospital Infantil Candido Fontoura, AACD Ibirapuera, Santa Casa de Misericórdia, Hospital Guilherme Álvaro, Instituto de Ortopedia – IOT, Instituto de Psiquiatria – Ipq e Hospital Darcy Vargas, todos na capital paulista. . 

São esperados profissionais que trabalhem no desenvolvimento humano: profissionais da área da saúde e voluntários que queiram utilizar as técnicas para humanizar os atendimentos na saúde e educação. Em cada encontro será sorteada a coleção de 10 livros Eu e a Célula e o participante que comparecer a todos os módulos, completará o curso e ganhará um certificado.

Mais informações: http://www.vivaedeixeviver.org.br/Oficinas-Ponto-de-Cultura-2016

PARCEIROS VER TODOS