Assistência social deve ser política de Estado

Por: Luciano Guimarães
01 Outubro 2005 - 00h00

À frente de uma das secretarias ministeriais mais cobradas dentro da administração pública, justamente por tratar de questões sociais, o secretário nacional de Assistência Social, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Osvaldo Russo, está muito otimista em relação à regulamentação do artigo 3º da Orgânica de Assistência Social (Loas). Ele enalteceu os encontros municipais e estaduais realizados durante o ano para discutir os parâmetros dessas mudanças na legislação.

A seguir, Russo faz balanço desse trabalho, que culminou com a 5ª Conferência Nacional de Assistência Social, realizada no início de dezembro, e projeta mais facilidades na atuação conjunta do poder público e da sociedade civil organizada, a partir da implantação do Sistema Único de Assistência Social (Suas).


Filantropia: Que balanço o senhor faz do debate nacional sobre o artigo 3º da Loas e que avanços a regulamentação dele trará para a assistência social no país?

Osvaldo Russo: Em abril deste ano, o Conselho Nacional de Assistência Social instituiu um Grupo de Trabalho – com a participação paritária da sociedade civil e do governo – que estabeleceu um cronograma de discussão sobre o artigo 3º da Loas. O Conselho recebeu 14 propostas para apresentação no debate nacional, que aconteceu em outubro, na Câmara dos Deputados. Foi um encontro produtivo e esclarecedor com a participação expressiva do governo e de segmentos da sociedade civil.

A regulamentação do artigo 3º da Loas permitirá maior segurança e clareza na gestão das políticas públicas, e essa discussão acontece em um momento importante, que é o da implantação do Sistema Único de Assistência Social (Suas). Tenho certeza que chegaremos a um consenso e estabeleceremos parâmetros para melhor precisar a assistência social como política pública.


Filantropia: Como está a implantação do Sistema Único de Assistência Social?

OR: O Suas é um marco histórico, assim como foi, em 1993, a promulgação da Loas. É inegável o avanço alcançado na reorganização do setor, alterando radicalmente o modelo de gestão e a forma de financiamento dos programas, serviços e benefícios sociais, no sentido de obter maior eficácia na atenção integral ao público-alvo da política de assistência social. O governo atual está mudando a trajetória da assistência social, rompendo com a lógica injusta e perversa do assistencialismo, do favorecimento e da improvisação.

Com todo o respeito àqueles que, no passado, ficaram à frente da gestão federal do setor, mas os governos anteriores não foram capazes de fazer a necessária ruptura com o passado clientelista. O governo Lula, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, está fazendo um trabalho calcado no diálogo, na firmeza e no compromisso republicano.


Filantropia: Como o senhor avalia o trabalho desenvolvido pelo CNAS?

OR: O Conselho Nacional de Assistência Social foi inovador e exemplar, tanto por seus conselheiros governamentais como os não governamentais, harmonizando objetivos no interesse público da assistência social em todo o país.

A presidente Márcia Pinheiro, com a colaboração de todo o Conselho Nacional e dos Conselhos Estaduais e Municipais, desenvolveu uma construção coletiva e participativa do setor, como nunca antes no Brasil. Agora, com a implantação do Suas, vamos fazer avançar a política de assistência social – garantidora de direitos, pública e de qualidade.


Filantropia: Qual a importância da 5ª Conferência Nacional de Assistência Social?

OR: O evento foi a oportunidade para os delegados eleitos – governamentais e nãogovernamentais – debaterem propostas e os novos rumos da assistência social no Brasil, a partir da implantação do Suas. Nosso desafio será avançar na questão, de modo que a assistência social, juntamente com as demais políticas, contribua para que o Brasil supere a pobreza, as desigualdades e a violação de direitos. A meta é construir um novo país, afirmando a assistência social como política de Estado.

Precisamos, portanto, manter esse compromisso para os próximos anos e não ceder à tentação do oportunismo e da demagogia, com difusão de metas inalcançáveis no curto ou médio prazo. Trabalharemos para garantir – progressivamente em 10 anos – a universalização da proteção social básica, de modo que todas as pessoas que dela necessitam possam ter acesso aos serviços ofertados pelos Centros de Referência da Assistência Social e por outros equipamentos públicos.


Filantropia: Como a unificação dos programas sociais, inclusive com a participação das entidades assistenciais, colaborará para a expansão desses benefícios às pessoas carentes?

OR: A assistência social tem uma característica peculiar, constituída pela participação histórica de entidades civis, tanto no atendimento como na defesa de direitos. Em função disso, podem alavancar, nesse novo formato da política de assistência social, parcerias públicas continuadas e sustentáveis à expansão do sistema com a qualidade necessária, dentro da lógica de gestão e financiamento do Suas.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
11.055
Oportunidades Cadastradas
8.413
Modelos de Documentos
2.418
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
18 Jan
2019
The United Nations Democracy Fund - UNDEF
Prazo
18 Jan
2019
UN Trust Fund to End Violence against Women 2018
Prazo
20 Jan
2019
Antologia “O Baile”
Prazo
21 Jan
2019
CNPq- Instituto Aggeu Magalhães-FIOCRUZ
Prazo
21 Jan
2019
Edital UFG - Séries Músicas e Artes da Cena
Prazo
21 Jan
2019
Antologia - Os Sete Samurais
Prazo
21 Jan
2019
Chamada CNPq/Instituto Aggeu Magalhães-FIOCRUZ
Prazo
24 Jan
2019
Convocatória Kaá
Prazo
25 Jan
2019
Illustration Competition 2019
Prazo
25 Jan
2019
CNPQ-Equinor Energia - Formação de Mestres e Doutores...
Prazo
30 Jan
2019
Fazedores do Bem + Active Citizens 2018
Prazo
31 Jan
2019
Prêmio Castro Alves de Literatura
Prazo
18 Fev
2019
Liderando desde el Sur
Prazo
22 Fev
2019
Apoio à produção de inventários de Avaliação...
Prazo
28 Fev
2019
Jamnalal Bajaj International Award
Prazo
2 Mar
2019
Edital – Onde foi que eu errei?
Prazo
2 Mar
2019
Edital – Quebrando o silêncio
Prazo
8 Mar
2019
Photography Competition - 2019
Prazo
13 Mar
2019
CNPq - Gerência Regional de Brasília - FIOCRUZ
Prazo
30 Abr
2019
Premio Por La Paz
Prazo
3 Mai
2019
Design Competition - 2019
Prazo
3 Mai
2019
Advertising Competition - 2019
Prazo
6 Mai
2019
Programa de Paisagens Produtivas Ecossociais
Prazo
1 Out
2019
LGBTI Projects Funding
Prazo
21 Jan
2019
Prêmio SweekStars 2018
Prazo
31 Jan
2019
The Robert F. Kennedy Human Rights Award
Prazo
15 Fev
2019
Concurso Literário - Costelas Felinas
Prazo
1 Mar
2019
30º Concurso Literário Internacional de Poesias,...
Prazo
20 Jan
2019
Antologia - A Arte do Terror - Volume 6
Prazo
31 Jan
2019
CNPQ- Fomento à formação de pesquisadores em áreas...
Prazo
1 Mar
2019
Internet Freedom Fund
Prazo
30 Jun
2019
Maypole Fund - Women to Proactively Challenge Patriarchy
Prazo
9 Out
2019
Making the Case for Nature
Prazo
9 Out
2019
Recovery of Species on the Brink of Extinction
Prazo
9 Out
2019
Conservation Technologies
Prazo
9 Out
2019
Participatory Science
Prazo
9 Out
2019
Reducing Marine Plastic Pollution
Prazo
9 Out
2019
Documenting Human Migrations
Prazo
Contínuo
Chamamento de Projetos Jornalísticos Sobre Florestas...
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Iniciação Científica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes
Prazo
Contínuo
FAPESP - Políticas Públicas
Prazo
Contínuo
Bolsas do Programa de Capacitação Técnica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Doutorado
Prazo
15 Fev
2019
Next Generation Leaders Program 2019
Prazo
Contínuo
RESOLUÇÃO Nº 191, de 21 de Dezembro de 2018
Prazo
19 Fev
2019
Edital: Combatendo o Trabalho Infantil na Indústria...
Prazo
28 Fev
2019
Edital: 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos...
Prazo
16 Abr
2019
International Master’s Fellowships
Prazo
21 Fev
2019
4° Edital Instituto CCR de Projetos Culturais
Prazo
28 Fev
2019
Boas Práticas, Histórias de Sucesso e Lições Aprendidas...
Prazo
18 Jan
2019
Seleção de propostas culturais para programação...
Prazo
18 Jan
2019
Projetos Colaborativos Descentralizados
Prazo
15 Mar
2019
Edital IberEntrelaçando Experiências
Prazo
5 Mar
2019
1st UNWTO Gastronomy Tourism Start-up Competition -...
Prazo
8 Fev
2019
DRL Internet Freedom Annual Program Statement 2018
Prazo
31 Jan
2019
International Green Gown Awards
Prazo
31 Jan
2019
Indigo Design Award de 2019
Prazo
Contínuo
Projetos - Globosat
Prazo
31 Jan
2019
II Concurso Novos Talentos da Literatura “José Endoença...
Prazo
29 Mar
2019
The Diana Award 2018
Prazo
21 Fev
2019
Concurso de curtas audiovisuais – 2018 - “Comunidades...
Prazo
Contínuo
Estabelecimento de Parcerias para Coedições de Livros...
Prazo
Contínuo
Leia para uma criança
Prazo
19 Fev
2019
Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos...
Prazo
Contínuo
Programa de Desenvolvimento Científico Regional –...
Prazo
Contínuo
Política de Patrocínios da CEMIG
Prazo
30 Jun
2019
Chamada Pública Bilateral FINEP-CDTI para projetos...
Prazo
21 Mar
2019
Seleção de Projetos Esportivos - Lei de Incentivo
Prazo
Contínuo
Revista Científica de Direitos Humanos - Submissão...
Prazo
21 Set
2019
Crédito De Pesquisa Para Comitês Técnico-Científicos
Prazo
Contínuo
Chamada Pública ANCINE-FSA - Coinvestimentos Regionais
Prazo
Contínuo
Filiação ao Departamento de Informação Pública...

PARCEIROS VER TODOS