América Latina e Caribe poderiam acabar com a fome apenas com alimentos desperdiçados, aponta relatório da ONU

Por: Thaís Iannarelli
30 Julho 2014 - 14h06

O relatório, produzido pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Perdas e desperdícios de alimentos na América Latina e no Caribeaponta que a somatória dos alimentos desperdiçados nas regiões da América Latina e no Caribe seriam mais do que suficientes para acabar com a fome de cerca de 47 milhões de pessoas dessa região.

A maior parte do desperdício dos alimentos ocorre ainda na fase de produção, pós-colheita, armazenamento e transporte desses produtos. Também são descartados alimentos que ainda têm valor nutricional para consumo humano. A decisão desse descarte está associada ao comportamento de vendedores, atacadistas, varejistas, serviços de venda de comida e consumidores.

Traduzindo em números, a distribuição de responsabilidades ocorreu da seguinte maneira: 28% do consumidor, 28% da produção, 17% no mercado, 22% na distribuição e 6% no manuseio e armazenamento.

Segundo o representante regional da FAO, Raul Benítez: “Enfrentar esse problema é fundamental para avançar na luta contra a fome e deve ser convertida em uma prioridade para os governos da América Latina e Caribe”, complementa.

Os desperdícios de alimentos têm efeito negativo sobre o meio ambiente devido à utilização não sustentável dos recursos naturais. Benítez comentou: “a cada ano a região perde ou desperdiça aproximadamente 15% de seus alimentos disponíveis, o que impacta a sustentabilidade dos sistemas alimentares, reduz a disponibilidade local e mundial de comida, gera menor renda para os produtores e aumenta os preços para consumidores”, finaliza.

Mais de 30 milhões de pessoas poderiam ser alimentadas com os produtos que são desperdiçados na região, somente na venda e no varejo, ou seja, feiras livres, armazéns, supermercados, e demais pontos de vendas. Isso corresponde a 64% das pessoas que sofrem com a fome.

Informações no site http://www.fao.org/3/a-i3942s.pdf

http://www.setor3.com.br

PARCEIROS VER TODOS