Amazônia Perdeu 128 Campos De Futebol De Floresta Por Hora Em 2016

Por: Instituto Filantropia
18 Abril 2017 - 00h00

internaEntre agosto de 2015 e julho de 2016 (calendário oficial para medir o desmatamento), a Amazônia perdeu 7.989 km² de floresta, maior taxa desde 2008, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) a partir de dados oficiais do fim de 2016. O desmatamento no período equivale à derrubada de 128 campos de futebol por hora de floresta. O perfil fundiário dos responsáveis pela devastação teve pouca variação em relação aos últimos anos: a maior derrubada ocorreu nas propriedades privadas (35,4%), seguida de assentamentos (28,6%), terras públicas não destinadas e áreas sem informação cadastral (24%), e pelas unidades de conservação, que registraram 12% de todo o desmatamento verificado nos 12 meses analisados. Os estados que registraram maior aumento da taxa de desmatamento foram Amazonas, Acre e Pará (54%, 47% e 41%, respectivamente). O estudo do Ipam aponta a necessidade de envolvimento da sociedade no controle do desmatamento com uma nova estruturação de ações de comando e controle, criação de uma agenda positiva de incentivos à eficiência da produção em áreas já desmatadas e mais apoio para quem mantém seu ativo florestal, bem com participação do mercado e do sistema bancário no controle do desmatamento.

http://www.ipam.org.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS