Abandono de emprego

Por: Instituto Filantropia
23 Janeiro 2015 - 00h27

O empregado afastado do trabalho pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que comprovar ter feito contato com a empresa após o término desse período tem motivo suficiente para reverter a dispensa por justa causa. Esse foi o entendimento da Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que em recente julgamento reforçou que o abandono de emprego só se configura caso o empregado não retorne ao serviço 30 dias após o término do benefício previdenciário, nem justifique o motivo de não o fazer. No caso em questão, a empresa queria manter a dispensa do funcionário por desídia e abandono de emprego por ele não ter voltado ao trabalho depois de alta médica. O trabalhador havia se afastado em 2003 por causa de uma hérnia de disco e passou a receber auxílio-doença comum, que depois foi transformado em auxílio-doença acidentário.

www.tst.gov.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.064
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.100
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
30 Jun
2021
eFestival Canção
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
28 Mai
2021
Chamada Pública Inovação Tecnológica - Serviço...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
31 Mai
2021
Chamada de Cooperação Conjunta em Ciência e Tecnologia...
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS