Paula

Por: Elaine Iorio
01 Março 2005 - 00h00

Desde o dia 17 e fevereiro deste ano, crianças e adolescentes carentes de Diadema, Grande São Paulo, têm um motivo a mais para acreditar no futuro. Acostumados com uma vida de poucos recursos e sonhos, os jovens agora fazem parte do recém-inaugurado projeto Passe de Mágica, idealizado pela atleta Paula, que oferece aulas de basquete, noções de cidadania e ecologia.

Lançado em agosto do ano passado e com dois primeiros núcleos em Piracicaba, o programa chega agora a Diadema graças à parceria com a Farnell-Newark InOne, empresa que doará 1% do valor das compras acima de R$ 100 realizadas em seu site.

Além de coordenar o projeto, a ex-jogadora de basquete, que durante 22 anos encantou os amantes do esporte na seleção brasileira, é exemplo de determinação. Com um título mundial (1994) e uma medalha olímpica (prata em Atlanta), Paula sempre se destacou por suas habilidades e criatividade em quadra, características que lhe renderam o codinome mundialmente conhecido: Magic Paula.

Com o apoio de sua irmã, Branca, também ex-jogadora da seleção, Paula espera que o projeto proporcione o desenvolvimento de cada criança como cidadã, além de promover a disciplina, a sociabilidade e o respeito ao próximo.

Em entrevista à Revista Filantropia, ela conta mais sobre a criação e a viabilização de seu projeto social.

Experiência nas quadras e apoio de parcerias são as ferramentas de Magic Paula na formação de jovens carentes


Revista Filantropia: Quando e como nasceu a idéia do Passe de Mágica?
Paula:
Alguns anos antes de parar de jogar, a Branca e eu fizemos um “projetinho” e saímos à procura de parceiros. Antes mesmo de encontrar patrocínio, a proposta ganhou o nome atual, criação do Washington Olivetto. Depois de muitas idas e vindas, engavetamos a idéia e, somente em 2004, o sonho foi concretizado. Fui procurada para ser garota-propaganda da Cooperativa de Consumo (Coop), que iria instalar um supermercado em Piracicaba, e disse que só aceitaria a proposta se metade do meu cachê fosse destinada ao projeto.

Filantropia: Como foi o processo de concretização e quais as dificuldades enfrentadas?
Paula:
A maior dificuldade foi encontrar quem acreditasse e apoiasse o projeto. A partir daí, tudo ficou mais fácil. Unimos o que cada um tinha de mais forte: quem poderia ceder o espaço, a empresa para bancar os custos e a minha equipe para a formação e treinamento dos profissionais.
Filantropia: Quais as fontes de renda do programa e como é administrado?
Paula: O Senai Diadema (Manuel Garcia Filho) entra com a estrutura física e a assistência social; a Farnell-Newark InOne paga os profissionais, lanches, uniformes, assessoria de imprensa e marketing; e o Passe de Mágica cuida da coordenação, treinamento e acompanhamento do projeto.

Filantropia: Como é seu envolvimento com o Passe de Mágica? O que lhe traz mais satisfação?
Paula:
Assumo a função de gerenciar, acompanhar e observar as mudanças comportamentais dos jovens. Minha felicidade é saber que posso contribuir para um futuro melhor para eles, como cidadãos.

Filantropia: Na sua opinião, qual a importância da ação social para o desenvolvimento do país?
Paula:
Se cada um de nós fizer um pouco, doando-se em prol de mudanças, não seremos refém do descaso no futuro. A responsabilidade é de todos, mas, infelizmente, há muitos projetos bacanas com o mesmo foco dando tiros em direções diferentes. Devemos nos unir e fazer as parcerias se tornarem muito mais fortes.

Filantropia: Como você gerencia seu tempo entre as ações sociais e o trabalho?
Paula:
Não tem sido fácil. Além do projeto social, tenho meus negócios, faço palestras em empresas, administro o Centro Olímpico e minha vida pessoal. Quando a gente gosta do que faz, fazemos com prazer!

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS