Você Sabe O Que é Filantropia?

É importante entender o conceito e, principalmente, praticá-lo em seu dia a dia

O que vem à sua cabeça quando você ouve a palavra filantropia? Você saberia explicar o que esta expressão efetivamente significa?

De acordo com o Grande Dicionário Houaiss, ela significa "profundo amor à humanidade", "desprendimento", "generosidade para com outrem" e "caridade". Mas, na prática, o que isso tudo quer dizer?

No Brasil, a ideia de filantropia está fortemente ligada ao conceito de assistencialismo, de "dar o peixe sem ensinar a pescar". Ou seja, acredita-se que ela refira-se a boas ações, realizadas de modo isolado, de cunho paliativo e, portanto, pouco efetivas na resolução das necessidades da população. Porém, não é esta a definição que a Rede Filantropia defende. Filantropia é muito mais que isso - este conceito tem a ver com mudança efetiva, investimento social e desenvolvimento. Nos Estados Unidos, por exemplo, o termo é entendido de maneira bem mais ampla e positiva, sendo relacionado a doações efetuadas em benefício daqueles que estejam mais necessitados, com vistas à construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

É importante ressaltar que as doações não se limitam a grandes quantias de dinheiro, como aquelas que filantropos como Bill Gates e Warren Buffet costumam destinar a alguma causa ou organização social, por exemplo, embora isso seja extremamente importante para que muitas ONGs, de diversos portes e atuantes em diversos segmentos, mantenham-se em atividade.

Na realidade, praticar ações filantrópicas está ao alcance de todos – independentemente de se ter ou não muito dinheiro na conta bancária.

#PRATIQUEFILANTROPIA

Lançada na edição 2016 do Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica (FIFE), evento promovido anualmente pelo Instituto Filantropia, a campanha #PratiqueFilantropia visa disseminar o bem e mostrar que a filantropia pode ser praticada tanto em grande quanto em pequenos gestos.

Seria incrível se tivéssemos a mesma condição financeira dos filantropos citados, podendo doar grande quantias para qualquer boa causa que precisasse de ajuda, mas sabemos que eles são minoria em um planeta com mais de sete bilhões de habitantes. No entanto, o fato de não dispormos de tantos recursos financeiros não pode servir como desculpa para nos isentarmos da realização do que está ao nosso alcance.

Quando você age com ética e não leva vantagem sobre ninguém; quando se esforça para ser uma pessoa melhor, servindo de exemplo para que outros sejam iguais ou, ainda, melhores que você; quando você policia seus próprios atos de modo que eles não prejudiquem ao próximo; quando respeita a opinião do outro, sem criticá-lo ou tentar se impor; quando você dedica seu tempo a alguém que precisa de um ombro amigo; quando você aprende a criticar menos e elogiar mais; quando você compartilha seu conhecimento com os demais... você está praticando filantropia.

Compre esta ideia! #PratiqueFilantropia!

PARCEIROS VER TODOS