Sustentabilidade na prática

Por: Livio Giosa
01 Maio 2008 - 00h00

Por força do reconhecimento da importância da visão social e ambientalmente responsável, o mundo corporativo começa a avaliar agora a sua atividade sob o foco do desenvolvimento sustentável e suas influências no contexto das suas ações.

Um dos conceitos consagrados de sustentabilidade diz que é o princípio de uma sociedade que mantém as características necessárias para um sistema social justo, ambientalmente equilibrado e economicamente próspero por um longo período de tempo. Alinhar estes três pontos-chaves da visão sustentável das organizações é o desafio constante que vem sendo percorrido, tanto pelo ponto de vista interno quanto externo às empresas.

Para incluir esta percepção, também sob o olhar estratégico, há que se incorporar um quarto fator desta linha de raciocínio: governança e gestão permanentes. Como, então, enquadrar todo este processo no dia-a-dia das empresas?

A Fundação Dom Cabral, recentemente, divulgou uma pesquisa demonstrando que ainda está longe da prática rotineira das campanhas levantadas a caracterização da sustentabilidade no seu negócio.

Também, pudera. Tudo é muito novo, e o processo de conscientização e sensibilização tem de ser pleno, presente e contínuo junto a todos os níveis hierárquicos da empresa.

Por isso, sugerimos às organizações a adoção de um Programa de Sustentabilidade, capaz de abordar e influenciar as suas práticas e atitudes do conjunto de stakeholders envolvidos.

Este programa é dividido em três módulos: “Momento Empresa Sustentável”, voltado para a percepção estratégica da empresa na concepção do seu negócio e junto a todos os stakeholders; “Fornecedores Sustentáveis”, voltado para proporcionar um aprimoramento da empresa e conscientização dos seus fornecedores quanto ao tema; e “Cidadão Sustentável”, voltado para todos os funcionários/trabalhadores da empresa, no sentido de alinhá-los como agentes de transformação para mudanças de atitudes, consumo consciente e práticas efetivas de sustentabilidade.

Assim, novos valores são incorporados às organizações, capazes de influenciar suas camadas de interlocutores da sociedade. A empresa tem força e reconhecimento para isto. Basta dar o primeiro passo e responder ao chamado da cidadania corporativa, com mudanças de atitudes. E aí, sem dúvida, os herdeiros do futuro agradecerão.

Lívio Giosa. Vice-presidente da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB), coordenador-geral do Instituto ADVB de Responsabilidade Social (Ires) e coordenador-geral do Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE).

 

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
22.766
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.060
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
3 Mai
2021
25º Concurso Inovação no Setor Público
Prazo
26 Abr
2021
15º Edital Funcultura Audiovisual
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
21 Mai
2021
Projetos Sociais por Leis de Incentivo 2021
Prazo
14 Mai
2021
Edital de Seleção - Projetos Sociais
Prazo
11 Mai
2021
Prince Claus Seed Awards 2021
Prazo
10 Mai
2021
Para Mulheres na Ciência 2021
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
17 Mai
2021
PhotoContest 2021
Prazo
23 Mai
2021
9ª Convocatoria de Ayudas

PARCEIROS VER TODOS