Portadores de necessidades especiais possuem estabilidade se demitidos sem justa causa?

Por: Revista Filantropia
01 Março 2008 - 00h00

A lei nº 8.213/91 determina às empresas com cem ou mais funcionários que preencham de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência, com a observância da seguinte proporção: a) de 100 a 200 empregados, 2%; b) de 201 a 500, 3%; c) 501 a 1.000, 4%; d) de 1.001 ou mais, 5%. O conteúdo do art. 93, parágrafo 1º, deixa claro que essa garantia não gera direitos individuais e, sim, a proteção a um grupo específico de trabalhadores. Todavia, a dispensa desse trabalhador, ao final de contrato por prazo determinado, ou mesmo a imotivada, no contrato por prazo indeterminado, se dará somente após a contratação de substituto semelhante. Ressaltamos que não se trata de uma estabilidade ao trabalhador com necessidades especiais. Contudo, para que a dispensa seja válida, a empresa deverá contratar previamente um substituto ou comprovar que a dispensa não prejudica o sistema de cota imposto pela lei.

Conteúdo Relacionado

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.290
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.132
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
1 Ago
2021
AAAS Kavli Science Journalism Awards
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
15 Jun
2021
FAPESP / M-ERA.NET 2021 – Ciência de Materiais e...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
15 Jun
2021
Professional Fellowship 2021
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS