No que se refere à Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área da Educação (CEBAS), qual a diferença entre concessão originária, renovação tempestiva e renovação intempestiva?

Por: Instituto Filantropia
11 Novembro 2014 - 00h25


R: A concessão originária ocorre quando a entidade requer o pedido de certificação perante o seu respectivo Ministério pela primeira vez, ou seja, não possui certificado. Assim, somente poderá usufruir a isenção quando o pedido for deferido e publicado no Diário Oficial da União.
Como se sabe, é necessário que entidade possuidora da CEBAS requeira sua renovação no decorrer dos 360 dias que antecedem o vencimento do último certificado; sendo assim, aquela entidade que protocolar o pedido de renovação dentro desse prazo terá sua renovação considerada tempestiva.
Por outro lado, caso a entidade que possua a CEBAS protocole o pedido de renovação após o prazo de 360 dias para o vencimento de seu certificado, terá a renovação intempestiva.
É válido ressaltar que todas as afirmativas acima relacionadas encontram seu fundamento legal na Lei nº 12.101/2009, alterada pelo Decreto nº 7.237/2010.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS