É possível que uma entidade beneficente com sede em território nacional, devidamente qualificada com a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Cebas), promova repasse de recursos financeiros para uma entidade estrangeira?

Por: Instituto Filantropia
15 Setembro 2016 - 04h03

Não obstante a legalidade do assessoramento financeiro como atividade de assistência social, diversos Conselhos Municipais estão posicionando-se no sentido de que a entidade que está promovendo o repasse deve apresentar documentos da entidade que recebeu os recursos aptos a demonstrar que esta última atendeu aos anseios sociais e requisitos legais.

Dessa feita, a vulneração existente é a de que esses recursos não serão aplicados em território nacional, fato que contraria o inciso II do artigo 14 do Código Tributário Nacional, cumulado com o inciso II do artigo 29 da Lei n.º 12.101/2009.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
19.586
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.490
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona

PARCEIROS VER TODOS