É possível uma entidade realizar eventos ou vender produtos? Há algum tipo de isenção nestes casos?

Por: Revista Filantropia
01 Janeiro 2008 - 00h00

Para que uma entidade possa realizar atividades de cunho comercial, é necessária prévia previsão estatutária que autorize tal atividade-meio, uma vez que esta é uma alternativa para se obter recursos para a entidade. As formas de consecução destas atividades ou da captação dos recursos podem variar, mas é imprescindível que todos os recursos obtidos sejam empregados integralmente nos respectivos fins sociais estatutários. A Constituição Federal prevê a imunidade de entidades sem fins lucrativos educacionais e de assistência social quanto aos impostos, desde que: não distribuam qualquer parcela de seu patrimônio ou de suas rendas, a qualquer título; que apliquem os recursos em seus objetivos institucionais; mantenham livros de escrituração, de maneira a assegurar a exatidão das receitas/despesas. Quanto às isenções, estas são reguladas por leis específicas, portanto, há diversas variáveis, inclusive, requisitos para sua obtenção, cabendo avaliar cada caso especificamente.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS