Desenvolvimento social, geração de renda e preservação ambiental

Por: Paula Craveiro
01 Novembro 2010 - 00h00

Com atuação focada em dois dos mais importantes setores econômicos do país, Grupo AES Brasil investe fortemente em projetos socioambientais

 

Presente no país desde 1997, o Grupo AES Brasil é composto por sete empresas que atuam nos setores de geração (AES Tietê e AES Uruguaiana),
distribuição (AES Eletropaulo e AES Sul) e comercialização de energia elétrica (AES Infoenergy) e no setor de telecomunicações (AES Atimus), e conta com um corpo funcional próprio de 7.568 colaboradores.
São cerca de 7 milhões de clientes que contam com serviços prestados com segurança e qualidade e mais de 18.498 colaboradores próprios e contratados na força de trabalho.

Desenvolvimento social

Desde que chegou ao Brasil, a AES vem investindo em projetos socioambientais, e um dos principais programas promovidos com foco no desenvolvimento social é o Transformação de Consumidores em Clientes, que tem por objetivo melhorar as condições do fornecimento de energia às comunidades de baixa renda e disseminar orientações sobre o uso seguro e eficiente da eletricidade. “Por meio do programa, são realizadas reformas das instalações elétricas internas das residências, como substituição de interruptores e lâmpadas”, explica Luciana Alvarez, gerente de Comunicação Externa e Responsabilidade.
Implementado há cinco anos, somente na área de concessão da AES Eletropaulo o projeto atingiu a marca de 356 mil regularizações em 2009, beneficiando 1,4 milhão de pessoas em 903 comunidades.

Projetos socioambientais

Os projetos desenvolvidos pela AES Brasil possuem grande relevância para o desenvolvimento social do país, uma vez que trabalham a questão da cidadania por meio da arte, cultura, esporte e geração de renda, tendo como tema transversal o uso consciente e seguro da energia elétrica e o consumo responsável dos recursos naturais. “Ao todo, cerca de 160 mil pessoas são beneficiadas anualmente pelos projetos”, afirma Luciana.

Casa de Cultura e Cidadania

Voltado a comunidades de baixa renda, seu objetivo é transformar a realidade de crianças, jovens e adultos, oferecendo atividades ligadas à arte, cultura, cidadania, qualidade de vida e geração de renda. Dividido em duas frentes de atuação, o projeto tem como foco o uso seguro e eficiente da energia elétrica. A primeira frente tem como público-alvo crianças e adolescentes e oferece atividades como artes circenses, visuais e digitais, teatro e ginástica artística.  “A segunda é direcionada a jovens e adultos, que têm acesso a cursos profissionalizantes e de empreendedorismo e oficinas para geração de renda”, conta Luciana.

AES Eletropaulo na Comunidade

Composto por módulos itinerantes, o projeto visa conscientizar as comunidades de baixa renda para o consumo consciente e seguro de energia.
Nos dois caminhões adaptados, os participantes recebem dicas sobre hábitos de consumo e aprendem sobre o caminho percorrido pela energia elétrica até as residências. Em 2009, os caminhões receberam a visita de 92 mil pessoas”, diz.
Já nas tendas, o público-alvo são crianças e adolescentes de escolas da rede pública. Entre as atrações, estão miniaturas de moinhos e de uma usina hidrelétrica que demonstram a história da energia elétrica e o impacto do aumento do consumo no meio ambiente.

Fornecedor Cidadão

Com o projeto Fornecedor Cidadão, o grupo alia diferentes compromissos de sua política de responsabilidade social por meio da formação de mulheres eletricistas. O programa prioriza a diversidade e a geração de renda, incluindo a mulher no mercado de trabalho.

Empreender com Energia

O projeto impulsiona o desenvolvimento do empreendedorismo, atuando como um passaporte para o mundo dos negócios.
Nesse projeto, grupos de empreendedores encontram assessoria completa para criarem e desenvolverem seus próprios negócios: formação (administração, legislação, desenvolvimento de produtos, precificação, tecnologias, processos produtivos, marketing); crédito (acesso a microcrédito); e canais de comercialização (parcerias com redes varejistas, comércio eletrônico, catálogos, apoio para participação em feiras e eventos).

Manejo da Flora

Sob cuidados da AES Tietê, em 2009 o programa reflorestou 1,1 mil hectares por meio do plantio de 2,6 milhões de mudas no entorno dos reservatórios de suas dez usinas. “A AES Tietê mantém um viveiro na Usina Hidrelétrica de Promissão onde são produzidas, anualmente, 1 milhão de mudas de 120 espécies silvestres de árvores da mata atlântica. O excedente é doado para prefeituras, ONGs e donos de propriedades próximas às usinas”, conta a gerente de comunicação da AES Brasil.

Repovoamento dos Reservatórios

A AES Tietê possui ainda o programa de repovoamento dos reservatórios. Em 2009, foram produzidos 2,5 milhões de alevinos nas duas unidades de piscicultura localizadas em Promissão e Barra Bonita (SP), sendo destinados aos dez reservatórios da AES Tietê. As unidades promovem a reprodução de sete espécies nativas do rio Tietê, observadas durante o período da piracema.

Comunicação com públicos-alvo

Os projetos são administrados pela Gerência de Responsabilidade Social da AES Brasil. “Cerca de 80% dos recursos são obtidos por meio de lei de incentivo fiscal e 20% de recursos próprios da AES Brasil”, esclarece Luciana, que completa: “quanto à prestação de contas, as principais são feitas nas reuniões de diretoria, nos Conselhos de Administração e Fiscal, no Relatório de Gestão das companhias e no Relatório de Sustentabilidade do Grupo AES Brasil”, afirma.

Voluntariado interno

O Energia do Bem, programa de voluntariado interno da AES Brasil, visa engajar colaboradores próprios e contratados e familiares que desejam contribuir para a transformação de comunidades onde o Grupo está inserido.

Conquistas e perspectivas

Para o Grupo AES Brasil, a maior conquista foi a inauguração, em cerca de dois anos, de sete unidades da Casa de Cultura e Cidadania que hoje beneficiam 7 mil pessoas por ano em cidades do Estado de São Paulo.
A perspectiva é garantir a sustentabilidade dos projetos socioambientais, seja por meio de novos parceiros ou por atividades que garantam a autossustentabilidade dos projetos. “A meta é manter o número de beneficiados e o mesmo patamar de investimento”, diz.

www.aeseletropaulo.com.br

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS