Como sobrevive uma entidade beneficente?

Por: Revista Filantropia
01 Janeiro 2008 - 00h00
Primeiramente com doações, tanto de pessoas físicas como jurídicas. Contudo, a entidade beneficente poderá recorrer aos recursos públicos, efetuando convênios, parcerias e solicitando auxílios e subvenções aos governos municipal, estadual e federal, autarquias e sociedade de economia mista, além de linhas de crédito ao BNDES, e não pagamento de tributos, na hipótese de ser reconhecida como filantrópica pelo CNAS. Também poderá socorrer-se dos recursos advindos de organismos internacionais, tais como os do BID, Bird, Unicef e de embaixadas dos países desenvolvidos, como EUA, Inglaterra, Japão, Alemanha, Holanda e outros. As fontes mais ortodoxas também sustentam as entidades, como campanhas, bazares e sorteios.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
19.586
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.490
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona

PARCEIROS VER TODOS