Como proceder quanto à contribuição dos trabalhadores autônomos que prestam serviços às pessoas jurídicas beneficiárias de isenção tributária?

Por: Revista Filantropia
16 Janeiro 2009 - 00h00

De acordo com a instrução normativa MPS/SRP nº 3/2005 referente aos fatos geradores a partir de 1º de abril de 2007, sobre os serviços prestados por autônomos a pessoas jurídicas que possuem o benefício da isenção, deverão ser recolhidos 20% a título de contribuição social. É diferente quando o serviço prestado for para pessoas jurídicas que não recebem essa isenção, cuja alíquota deve obedecer à tabela própria do INSS, variando entre 11 e 20%.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS