Com as recentes alterações na legislação das entidades beneficentes, a prestação de contas para a manutenção das isenções deve ser realizada normalmente junto à Receita Previdenciária?

Por: Revista Filantropia
27 Junho 2010 - 00h00
Embora o novo marco legal das entidades filantrópicas (lei n° 12.101/2009) tenha trazido nuances diferenciadas acerca das isenções, há de se aguardar pelo assentamento de diversas questões. Assim sendo, é importante obedecer aos requisitos da IN RFB nº 971/2009, art. 227, inciso VI, que estabelece que a pessoa jurídica de direito privado beneficiada com a isenção é obrigada a apresentar, anualmente, relatório circunstanciado das atividades realizadas no exercício anterior. O prazo para a apresentação do relatório circunstanciado é 30 de abril, o qual deverá ser entregue na unidade da RFB da sede da entidade. Além do rol de documentos indicados na IN, é necessário instruir o relatório com os respectivos anexos X e XI, disponíveis no site da Receita Federal.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
22.766
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.060
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
3 Mai
2021
25º Concurso Inovação no Setor Público
Prazo
26 Abr
2021
15º Edital Funcultura Audiovisual
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
21 Mai
2021
Projetos Sociais por Leis de Incentivo 2021
Prazo
14 Mai
2021
Edital de Seleção - Projetos Sociais
Prazo
11 Mai
2021
Prince Claus Seed Awards 2021
Prazo
10 Mai
2021
Para Mulheres na Ciência 2021
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
17 Mai
2021
PhotoContest 2021
Prazo
23 Mai
2021
9ª Convocatoria de Ayudas

PARCEIROS VER TODOS